Em setembro de 2017, o presidente dos EUA, Donald Trump, não excluiu possibilidade de intervenção militar na Venezuela, caso necessário. O assunto da Venezuela foi levado até aos países do continente sul-americano em um jantar organizado por Trump na véspera da Assembleia Geral das Nações Unidas para os seus colegas da Colômbia, Panamá, Brasil e para a vice-presidente da Argentina.

Nicolás Maduro, presidente de Venezuela - Sputnik Brasil
Matérias
Escolher o período
mais matérias
  • Nesta semana
  • Neste mês
  • Neste ano
  • Tudo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала