Na tarde do dia 1º de maio, o presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Maduro, convocou a Assembleia Nacional Constituinte para superar a crise política. A tensão no país vem crescendo desde finais de 2015, quando a Assembleia Nacional (parlamento da Venezuela) recebeu, pela primeira vez desde a época de Hugo Chávez, a maioria opositora. Maduro justificou a decisão de convocar a Constituinte alegando pretender "superar o golpe" e "melhorar o sistema econômico, social e político do país".

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, durante encontro com a oposicão - Sputnik Brasil
Matérias
Escolher o período
mais matérias
  • Nesta semana
  • Neste mês
  • Neste ano
  • Tudo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала