Em 7 de abril, o ex-presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, foi preso para cumprir uma pena de 12 anos e 1 mês por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele começou a cumprir a pena em um quarto especial, na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Do lado de fora, um acampamento foi montado por militantes do PT e de movimentos sociais como MST, que pedem a liberdade para o que consideram uma prisão injusta.

Ao ex-presidente ainda cabem recursos, enquanto a oposição tenta acelerar o andamento de novos processos contra o político.

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixa Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, em São Paulo, para seguir à prisão. - Sputnik Brasil
Matérias
Escolher o período
mais matérias
  • Nesta semana
  • Neste mês
  • Neste ano
  • Tudo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала