Na noite do domingo, em 2 de setembro, por volta das 19h30 locais, fogo descontrolado abalou a primeira instituição científica na história do Brasil, Museu Nacional no Rio de Janeiro. De acordo com os cálculos, o acervo da instituição desfrutava de 20 milhões de itens com destaque especial dado à coleção egípcia, que começou a ser reunida ainda pelo imperador Dom Pedro I. Já que as chamas se irromperam após o fechamento do museu, estas acabaram não provocando nenhumas vítimas mortais, porém, o prejuízo cultural provocado pelo desastre sem razão estabelecida é de enormes proporções.

Museu Nacional, Rio de Janeiro, 02 de setembro de 2018 - Sputnik Brasil
Matérias
Escolher o período
mais matérias
  • Nesta semana
  • Neste mês
  • Neste ano
  • Tudo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала