Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Comércio entre Rússia e Alemanha aumenta apesar das sanções, diz Welt

© AP Photo / Michael SohnLogotipo da empresa Gazprom Germania na sua sede em Berlim, Alemanha, 6 de abril de 2022
Logotipo da empresa Gazprom Germania na sua sede em Berlim, Alemanha, 6 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 05.08.2022
Nos siga noTelegram
O comércio entre a Alemanha e a Rússia segue aumentando, apesar do embargo do carvão, ouro, aço e vodka russos, comunica o colunista da edição alemã Die Welt, Olaf Gersemann.
Citando um artigo no Süddeutsche Zeitung, o autor afirma que o objetivo das sanções contra a Rússia foi "enviar uma mensagem a Putin", mas que era pouco provável que o líder russo desse ouvidos a tais "sugestões".
O jornalista salientou que, não obstante o embargo do carvão, aço, madeira, cimento e ouro russos, o comércio bilateral entre a Rússia e a Alemanha segue aumentando em valor – devido aos preços do gás, que têm subido.
Segundo o Statistiches Bundesamt (entidade alemã responsável pela recolha de informação estatística), em junho a Alemanha pagou 3,5 bilhões de euros (R$ 18,8 bilhões) pelo gás russo. A partir de maio, o aumento constituiu 5%, enquanto em comparação com o ano passado aumentou 39%.
Sistemas de tubulação e válvulas de corte na estação receptora de gás do gasoduto Nord Stream, Lubmin, Alemanha - Sputnik Brasil, 1920, 05.08.2022
Panorama internacional
Fornecimento do gás através da Ucrânia não pode substituir Nord Stream, diz ministro canadense
Conforme Olaf Gersemann, em termos puramente matemáticos, as receitas das exportações russas para a Alemanha cobrem a maior parte das despesas militares de Moscou. O colunista admite que as importações da Rússia, em termos físicos, caíram 30%, embora salientando que o objetivo da Alemanha ainda não está alcançado.

"Tudo isso resultou contra nossos planos. […] A Rússia vai equilibrar seu orçamento e poderá ficar com mais gás no solo para extrair no futuro, para que mais bilhões de euros e rublos fluam então da Alemanha para a Rússia", concluiu o jornalista.

A Alemanha, depois que se juntou às sanções antirussas, enfrentou um aumento dos preços da energia e uma inflação alta. Como resultado, devido ao aumento dos preços dos combustíveis, principalmente do gás, as indústrias alemãs em muitos aspectos perderam suas vantagens competitivas, o que também afetou outras esferas da maior economia europeia. Devido à escassez de gás, o país pode logo se encontrar em uma situação sem precedentes, quando a Agência Federal das Redes terá de decidir qual dos produtores industriais receberá gás e qual não receberá.
O chanceler alemão, Olaf Scholz, durante coletiva de imprensa em Berlim, 3 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 04.08.2022
Panorama internacional
Ucrânia promete não enviar armas a terceiros, diz governo da Alemanha sobre apoio militar
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала