Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

China testa 'misteriosa' espaçonave reutilizável

© AP Photo / Xinhua, Wang YongjiFoguete Longa Marcha 4B transportando o satélite Shijian-6
Foguete Longa Marcha 4B transportando o satélite Shijian-6 - Sputnik Brasil, 1920, 05.08.2022
Nos siga noTelegram
A China lançou uma espaçonave experimental reutilizável nesta sexta-feira (5), em uma missão descrita pela imprensa chinesa como "misteriosa".
O portal de notícias South China Morning Post relatou que a missão "dará apoio técnico para o uso pacífico do espaço" e testará diversas tecnologias em órbita, embora não tenham sido apresentados maiores detalhes sobre as tecnologias a serem testadas.
A espaçonave decolou em um foguete Longa Marcha 2F, a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, na Mongólia Interior, no norte da China. Não se sabe por quanto tempo a espaçonave permanecerá em órbita.
A China lançou uma espaçonave reutilizável semelhante em 2020, mas essa missão não incluiu serviços em órbita, como as operações de astronautas para prolongar a vida de espaçonaves e satélites.
Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan - Sputnik Brasil, 1920, 05.08.2022
Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan
Normalmente esses serviços podem envolver a captura de um alvo para reabastecimento e reparo.
De acordo com o professor Cai Yaxing, da Universidade Nacional de Tecnologia de Defesa da China, em função dos altos custos dos satélites, potências globais estão investindo em novas estratégias para fazer reparos em objetos espaciais, inclusive a partir do uso de aeronaves reutilizáveis.
Com a ajuda de uma Inteligência Artificial, uma espaçonave de serviço em órbita poderia planejar rotas e alterar os parâmetros de órbita por si só, formando uma "sequência de serviço" com até dez satélites-alvo em órbita alta.
Foguete chinês sendo lançado ao espaço (foto arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 01.05.2022
Panorama internacional
China lança pela 1ª vez 5 satélites ao espaço desde plataforma flutuante (VÍDEO)
As autoridades espaciais chinesas não ofereceram detalhes sobre o motor ou o projeto da espaçonave, mas há as especulações de que os engenheiros tiveram que melhorar o motor do foguete para atender ao requisito de reutilização.
Dada a capacidade de carga útil do foguete Longa Marcha 2F, de oito toneladas para a órbita baixa da Terra, alguns observadores dizem que a espaçonave pode ser semelhante ao avião espacial X-37B, construído pela Boeing.
Enquanto a espaçonave decola em um foguete, ela pode retornar ao solo com a ajuda de uma segunda ignição ou parapente.
© Foto / NASA / Joey PonthieuxAvião X-59, da NASA, projetado para reduzir o estrondo sônico escutado no solo quando uma aeronave voa a velocidades supersônicas
Avião X-59, da NASA, projetado para reduzir o estrondo sônico escutado no solo quando uma aeronave voa a velocidades supersônicas - Sputnik Brasil, 1920, 05.08.2022
Avião X-59, da NASA, projetado para reduzir o estrondo sônico escutado no solo quando uma aeronave voa a velocidades supersônicas
As potências espaciais estão em uma corrida para desenvolver naves espaciais reutilizáveis, com os exemplos mais conhecidos sendo o Dragon, da SpaceX, o Orion MPCV, da NASA, e o Orel, da Rússia. Mas os veículos reutilizáveis ​​nem sempre são econômicos.
A espaçonave reutilizável da China, afirma a publicação, "é muito mais leve que os ônibus espaciais de 80 toneladas dos EUA, o que pode ajudar a reduzir custos.
De acordo com uma estimativa da Academia de Tecnologia Espacial da China feita no ano passado, uma espaçonave chinesa reutilizável poderia custar US$ 222 milhões (R$ 1,14 bilhão), ou 50% mais do que um modelo descartável.
Em 2017, a China Aerospace Science and Industry Corporation lançou o projeto Tengyun para desenvolver transporte espacial reutilizável com tecnologia hipersônica. O objetivo é construir um avião espacial que possa viajar a pelo menos cinco vezes a velocidade do som e levar dez passageiros à órbita próxima à Terra até 2030.
Representação em 3D da estação espacial Tiangong com todos os módulos instalados - Sputnik Brasil, 1920, 24.05.2022
Sociedade e cotidiano
China inicia experimentos com sementes espaciais para criação de novos exemplares na Terra
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала