Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

China defende legalmente soberania em meio a provocações da visita de Pelosi a Taiwan, diz Kremlin

© Sputnik / Kirill KalinnikovPorta-voz presidencial russo Dmitry Peskov
Porta-voz presidencial russo Dmitry Peskov - Sputnik Brasil, 1920, 05.08.2022
Nos siga noTelegram
No contexto das provocações da visita da presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, a Taiwan, a China está tomando medidas legais para proteger sua soberania, afirmou Dmitry Peskov, porta-voz do presidente russo.
"Naturalmente, as tensões não vão diminuir tão rapidamente. No contexto dessas provocações, a China está tomando medidas legais para defender sua soberania. Claro, tais provocações não ficam sem consequências", disse Peskov aos jornalistas nesta sexta-feira (5).
O avião com Pelosi aterrissou no aeroporto da capital da ilha, Taipé, na tarde de 2 de agosto, apesar dos fortes avisos de Pequim e das exigências de cancelar a visita.
A China anunciou manobras em seis áreas marítimas em torno de Taiwan de 4 a 7 de agosto. As atividades de treinamento incluem exercícios com fogo real.
Grupo liderado por porta-aviões USS Ronald Reagan dos EUA, com participação do Japão e do Canadá, durante os exercícios navais Keen Sword 21, no mar das Filipinas, em 26 de outubro de 2020 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 04.08.2022
Pentágono mantém posição de porta-aviões e grupo de ataque na Ásia em meio a tensões em Taiwan
O porta-voz do Kremlin informou também que, durante conversações em Sochi nesta sexta-feira (5), o presidente russo Vladimir Putin vai discutir com o seu homólogo turco Recep Tayyip Erdogan a situação na Síria, incluindo a operação transfronteiriça de Ancara no norte sírio.
Peskov acrescentou também que, nas referidas conversações, Vladimir Putin e Recep Erdogan podem discutir a adesão da Turquia ao BRICS, observando não haver planos especiais a este respeito.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала