Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Nicarágua acusa EUA de violarem regulamentos do comércio de açúcar

© Folhapress / Joel SilvaColheita de cana-de-açúcar mecanizada em Sertãozinho (SP) (foto de arquivo)
Colheita de cana-de-açúcar mecanizada em Sertãozinho (SP) (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 04.08.2022
Nos siga noTelegram
O ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio da Nicarágua, Jesús Bermúdez, disse que os Estados Unidos violaram as regras internacionais da Organização Mundial do Comércio (OMC).
A acusação das autoridades da Nicarágua são feitas logo após os EUA cancelarem a compra de 22.114 toneladas de açúcar do país caribenho, correspondente ao ciclo de produção 2022–2023, por motivos exclusivamente políticos.
Os EUA, vale lembrar, sancionaram membros do governo nicaraguense desde a reeleição de Daniel Ortega, em outubro de 2021. Em junho deste ano, Washington aplicou restrições a 93 indivíduos da Nicarágua relacionados a ações que supostamente minam a democracia nicaraguense.
Congressistas participam de sessão parlamentar na Assembleia Nacional em Manágua, Nicarágua, 14 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.07.2022
Panorama internacional
Nicarágua remove aprovação a novo embaixador dos EUA após 'declarações intervencionistas'
Bermúdez apontou que a Nicarágua, apesar disso, tinha um acordo para a comercialização das 22.114 toneladas de açúcar para os EUA por uma cota estabelecida com a OMC. No entanto as autoridades norte-americanas cancelaram a compra alegando razões políticas.
Para a Nicarágua, isso "viola as normas internacionais" da OMC.
Que os Estados Unidos tenham eliminado a Nicarágua da cota da OMC, não significa a falência da indústria açucareira, assegurou Jesús Bermúdez, ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio da Nicarágua.
"É uma medida política que viola os tratados"
O ministro explicou que seu país, ao lado de outros 39 Estados, é signatário do acordo comercial firmado com a OMC por meio do qual Washington compra 1,1 milhão de toneladas de açúcar por ano.
Ele acrescentou que tal cancelamento não afeta os contratos de compra que se limitam ao Tratado de Livre-Comércio entre República Dominicana, América Central e Estados Unidos (Cafta, na sigla em inglês), que são de 29.040 toneladas.
Presidente da Nicarágua e presidenciável na eleição, Daniel Ortega, após ter votado em Manágua, 7 de novembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 19.05.2022
Panorama internacional
Ortega critica EUA por descartarem Nicarágua na Cúpula das Américas: 'Não estamos interessados'

"Portanto nossa indústria açucareira pode continuar exportando a cota para os Estados Unidos", disse.

Ainda em relação à decisão do governo norte-americano, as 22.114 toneladas canceladas representam 5,94% da produção anual de açúcar da Nicarágua, com um valor estimado de cerca de US$ 9,9 milhões (R$ 51,6 milhões).
A alta produção de açúcar dos EUA é insuficiente para cobrir toda a sua demanda anual. Por isso, foi negociada uma cota anual, no âmbito da Organização Mundial do Comércio, para compra de açúcar de nações que têm capacidade para vender o produto com tarifas mais baixas.
Colheita do final da safra de soja na fazenda Morro Azul do grupo A. Maggi, que fica há 70 km do centro de Tangará da Serra, no Mato Grosso. - Sputnik Brasil, 1920, 29.06.2022
Notícias do Brasil
Brasil chama proposta da UE na OMC para proibição de commodities de 'discriminatória e punitiva'
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала