Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Gazprom afirma que sanções do Ocidente impedem entrega de turbina do gasoduto Nord Stream

© Sputnik / Pavel Palamarchuk / Abrir o banco de imagensUnidade compressora de gás natural russo, na Ucrânia
Unidade compressora de gás natural russo, na Ucrânia - Sputnik Brasil, 1920, 04.08.2022
Nos siga noTelegram
A empresa estatal de gás russa Gazprom declarou na quarta-feira (3) que não consegue receber de volta a turbina 073 do gasoduto Nord Stream devido às sanções impostas pelo Canadá, União Europeia e Reino Unido, bem como à "discrepância entre a situação atual e as obrigações contratuais por parte da Siemens".
Os reparos da turbina da Siemens foram realizados no Canadá, depois disso a unidade foi enviada para a Alemanha. A falta da turbina na estação de compressão de Portovaya impede o pleno funcionamento do gasoduto Nord Stream (Corrente do Norte), tendo a empresa Gazprom sido forçada a reduzir a sua capacidade e fornecimento para 40% em meados de junho.
Em 25 de julho, a empresa russa informou que outra turbina Siemens da estação de compressão seria parada "devido a ter terminado o período máximo de funcionamento entre as revisões prévias e o reparo geral".
Desta forma, a partir de 27 de julho, o volume diário de bombeamento de gás é de, no máximo, 33 milhões de metros cúbicos.
O vice-presidente da Gazprom Vitaly Markelov explicou que a turbina foi enviada do Canadá não para a Rússia mas para a Alemanha sem o consentimento da empresa russa, o que não está de acordo com os termos do contrato.
Agora, de acordo com ele, para receber a turbina reparada, a Gazprom deve obter garantias de não aplicação de sanções não só do Canadá, mas também da União Europeia e do Reino Unido. A unidade foi reparada pela empresa britânica Industrial Turbine Company Limited, que faz parte da Siemens.
Arquivo: imagem mostra um controlador em um duto para linhas de gás na Open Grid Europe (OGE), uma das maiores operadoras de sistemas de transmissão de gás da Europa, em Werne, oeste da Alemanha, 24 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 03.08.2022
Panorama internacional
Baixa oferta e alta de preços: crise do gás na Europa está indo 'de mal a pior', diz mídia
De referir que o gasoduto Nord Stream 1 entre a Rússia e a Alemanha tem uma capacidade total de 167 milhões de metros cúbicos por dia.
O gasoduto inclui dois ramais paralelos, cada um com 1.224 km de comprimento, 1.220 mm de diâmetro e 55 billhões de metros cúbicos anuais de capacidade.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала