Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Em meio a tensões, Blinken diz que EUA se opõem a qualquer esforço para mudar status quo de Taiwan

© AFP 2022 / Kena BetancurO secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, fala com membros da mídia após participar da Conferência de Revisão de 2022 das Partes do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares nas Nações Unidas em Nova York em 1º de agosto de 2022
O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, fala com membros da mídia após participar da Conferência de Revisão de 2022 das Partes do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares nas Nações Unidas em Nova York em 1º de agosto de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 04.08.2022
Nos siga noTelegram
Secretário de Estado está no Camboja onde participa de reunião com membros da ASEAN para atualizar laços a fim de fechar uma "parceria estratégica abrangente".
Nesta quinta-feira (4), o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, disse que os Estados Unidos se opõem a qualquer esforço unilateral para mudar o status quo de Taiwan, especialmente pela força, e sua política para ilha não mudou, segundo a Reuters.
"Nós e países ao redor do mundo acreditamos que a escalada não serve a ninguém e pode ter consequências não intencionais que não atendem aos interesses de ninguém, incluindo membros da ASEAN e incluindo a China", disse Blinken.
O secretário concedeu as declarações em uma reunião no Camboja, um dia depois que a presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, visitou Taipé.
A bandeira dos Estados Unidos sobre a Casa Branca aparece a meio mastro em referência à marca de um milhão de mortes por COVID-19 no país, Washington, 12 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 04.08.2022
Panorama internacional
Bloomberg revela reação da Casa Branca diante da visita de Pelosi a Taiwan
Blinken está no Camboja para uma reunião com foco na segurança de mais de 27 países que devem discutir uma crise alimentar causada pelo conflito Rússia-Ucrânia, a estabilidade no estreito de Taiwan e a crise em Mianmar.
A autoridade norte-americana e a ASEAN prometeram durante sua reunião atualizar os laços para uma parceria estratégica abrangente.
No encontro, ele também anunciou que anunciou que Washington fornecerá US$ 25 milhões (R$ 131 milhões) ao Camboja em ajuda alimentar e cooperação agrícola.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала