Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Canadá vai enviar Forças Armadas ao Reino Unido para treinar recrutas ucranianos

© AFP 2022 / BRENDAN SMIALOWSKIMembros das Forças Armadas dos EUA aguardam a chegada da Ministra da Defesa do Canadá durante um cordão de honra no Pentágono, em Washington, DC, 28 de abril de 2022
Membros das Forças Armadas dos EUA aguardam a chegada da Ministra da Defesa do Canadá durante um cordão de honra no Pentágono, em Washington, DC, 28 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 04.08.2022
Nos siga noTelegram
O governo canadense autorizou o envio de funcionários das Forças Armadas Canadenses (CAF, na sigla em inglês) ao Reino Unido para treinar recrutas ucranianos, disse a ministra da Defesa Anita Anand, nesta quinta-feira (4).
"Portanto, estou anunciando hoje que estamos cumprindo nossa promessa de retomar o treinamento em larga escala sob a Operação Unificador. Autorizei o envio de até 225 militares das Forças Armadas Canadenses para o Reino Unido, onde treinarão novos recrutas militares ucranianos", disse Anand durante conferência de imprensa.
Os primeiros grupos de militares canadenses vão partir de Edmonton, Alberta, a partir da próxima semana.
O anúncio também incluiu a confirmação de que foi feito um acordo com a empresa General Dynamics Land Systems (GDLS) para fornecer aos militares ucranianos 39 veículos blindados de apoio ao combate (ACSV, na sigla em inglês).
"Tenho o prazer de confirmar que um acordo foi alcançado com a empresa", disse Anand.
Militares ucranianos durante treinamento - Sputnik Brasil, 1920, 24.07.2022
Panorama internacional
Grupo de mercenários estrangeiros dos EUA, Canadá e Suécia foi morto na Ucrânia, segundo mídia
As unidades, que serão equipadas com blindagem moderna e metralhadoras, vão ser entregues à Ucrânia assim que saírem da linha de montagem, acrescentou Anand.
A ministra enfatizou o compromisso contínuo do Canadá em apoiar a Ucrânia enquanto a Rússia continua sua operação militar especial nas partes orientais do país.
No final de junho, o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau prometeu US$ 388 milhões (cerca de R$ 2,022 bilhões) em ajuda militar a Kiev, o que incluiu os 39 ACSVs e câmeras de drones.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала