Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ancara anuncia queda considerável nos preços de grãos após acordo em Istambul

Porto de Odessa (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 04.08.2022
Nos siga noTelegram
A Turquia anunciou nesta quinta-feira (4) uma queda nos preços dos grãos na esteira do acordo firmado entre Rússia e Ucrânia em 22 de julho.
Os preços caíram de US$ 450 (R$ 2.348) para US$ 350 (R$ 1.836) após a assinatura do acordo de grãos mediado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em Istambul.
O compromisso tinha como objetivo evitar uma crise alimentar global, relembrou o ministro da Agricultura turco, Vahit Kirisci, nesta quinta-feira (4), ao fazer o anúncio da redução dos preços dos grãos.
"A resolução da crise do corredor de grãos foi um grande alívio", disse, segundo a agência de notícias turca Anadolu.
O ministro expressou a esperança de que o processo de exportação de grãos continue sem problemas, dizendo que o acordo evitou uma crise global de alimentos e que o primeiro cargueiro, transportando 26.500 toneladas de milho, está indo para o Líbano.
Guindastes portuários na costa sul do mar de Azov, em Mariupol, na Ucrânia, em 2 de dezembro de 2018 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 03.08.2022
Panorama internacional
Ucrânia diz que é improvável que acordo de grãos resulte em negociações entre Moscou e Kiev
Em 22 de julho, a Rússia e a Ucrânia assinaram em Istambul, sob a mediação da Turquia e da ONU, o acordo que elimina as restrições para a exportação da produção russa e prevê a colaboração da Rússia na exportação do trigo ucraniano através do mar Negro.
O compromisso ainda abriu caminho para alimentos e fertilizantes russos acessarem os mercados globais, em um esforço para estabilizar a alta dos preços dos alimentos em todo o mundo em meio à operação militar russa na Ucrânia e às sanções ocidentais contra Moscou.
O acordo envolve a exportação de grãos, alimentos e fertilizantes ucranianos através do mar Negro a partir de três portos, incluindo o de Odessa.
Para as autoridades de Ancara, o acordo sobre grãos possivelmente facilitará as negociações entre Moscou e Kiev. Dmitry Kuleba, ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, entretanto, esclareceu recentemente que o lado ucraniano "não compartilha desse tipo de otimismo".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала