Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Senado dos EUA vai aprovar resolução que apoia ingresso de Finlândia e Suécia na OTAN

© AP Photo / J. Scott ApplewhiteSenado dos EUA em Washington
Senado dos EUA em Washington  - Sputnik Brasil, 1920, 03.08.2022
Nos siga noTelegram
O Senado dos Estados Unidos deve aprovar uma resolução ratificando os pedidos da Finlândia e da Suécia para ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), permitindo que o governo de Joe Biden envie documentos das adesões dos dois países à aliança.
A resolução, que também requer o apoio de dois terços dos senadores para ser aprovada, recebeu nesta quarta-feira (3) os votos necessários, embora a votação continue.
Após a passagem da resolução, a Casa Branca apresentará documentação aprovando os pedidos de ingresso da Finlândia e da Suécia à OTAN por parte dos Estados Unidos.
Ex-chanceler Celso Amorim em sua residência no Rio de Janeiro, em 28 de dezembro de 2017 - Sputnik Brasil, 1920, 02.08.2022
Notícias do Brasil
Ucrânia: OTAN precisa de inimigos para existir e Rússia se sente eleita para isso, diz Celso Amorim
Até agora, 22 dos 30 estados membros da OTAN aprovaram as propostas da Finlândia e da Suécia para aderir à aliança.
Na semana passada, o vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev, disse que Moscou fornecerá uma resposta espelhada às ameaças que emanam da adesão da Finlândia e da Suécia à Aliança Atlântica.
Medvedev chegou à região da Carélia no dia 28 de julho, na fronteira com a Finlândia, para realizar uma reunião de segurança e inspecionar um posto de fronteira.

"Quanto à nossa reação à entrada desses países na OTAN, então, como disse o presidente de nosso país [Vladimir Putin], essa reação será simétrica", disse Medvedev em entrevista coletiva.

Soldados ucranianos disparam durante exercício de treinamento, em um local não revelado, perto de Lviv, no oeste da Ucrânia, em 29 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.08.2022
Panorama internacional
OTAN apoia 'tacitamente' esforços da Ucrânia para recrutar mercenários estrangeiros, diz Rússia
A autoridade russa também disse que Moscou deveria revisar suas relações com Helsinque e Estocolmo depois que os países nórdicos decidiram aderir à OTAN.
Em 24 de fevereiro de 2022, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou o início de uma operação especial militar para "desmilitarização e desnazificação da Ucrânia".
Durante a operação, as Forças Armadas da Rússia eliminam instalações da infraestrutura militar ucraniana, sem realizar ataques contra alvos civis em cidades. Os militares russos também organizam corredores humanitários para população civil que foge da violência dos neonazistas e nacionalistas.
Paraquedista dos EUA, que faz parte da missão de paz da OTAN no Kosovo - Sputnik Brasil, 1920, 31.07.2022
Panorama internacional
Missão da OTAN diz estar pronta para intervir em caso de ameaça à estabilidade no Kosovo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала