- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Mídia: Bolsonaro está cada vez mais 'transtornado' com a chance de ser preso caso deixe presidência

© Foto / Clauber Cleber Caetano / Palácio do Planalto / CC BY 2.0Reunião do Conselho Federal de Medicina com presença do presidente Jair Bolsonaro, 27 de julho de 2022
Reunião do Conselho Federal de Medicina com presença do presidente Jair Bolsonaro, 27 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 02.08.2022
Nos siga noTelegram
As eleições presidenciais serão determinantes para o destino jurídico de Bolsonaro, e sabendo disso, o mandatário estaria cada vez mais inquieto e "transtornado" com o resultado das pesquisas que apontam para sua derrota.
O presidente, Jair Bolsonaro (PL), anda declarando que tem a certeza de que deve ser alvo de inquéritos instaurados com objetivo de levá-lo à prisão caso perca o pleito deste ano.O mandatário também acredita que seus filhos podem se tornar alvos mais fáceis de investigadores caso deixe a presidência da República, de acordo com a Folha de São Paulo.
Segundo a mídia, Bolsonaro tem repetido a fala a diversos interlocutores em Brasília, inclusive de seu próprio governo, e está cada vez mais inquieto e "transtornado" em alguns momentos com a hipótese de ser preso.
O jornal ainda relata que, de acordo com políticos e autoridades que não integram o governo, mas que conversaram com o presidente nos últimos dias, ele tem demonstrado nervosismo e repetido frases semelhantes à que disse em um discurso no dia 7 de setembro do ano passado, em um ato na avenida Paulista, em São Paulo: "Nunca serei preso".
Presidente Jair Bolsonaro e ministro Luiz Fux se olham no Supremo Tribunal Federal, em 10 de setembro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 19.07.2022
Notícias do Brasil
Presidente do STF diz que Bolsonaro tenta 'colocar em xeque processo eleitoral'
Bolsonaro também afirma a ministros que "estão loucos" para que ele seja preso, mas que ele saberia contornar a situação por não ser "ingênuo" como seus antecessores — Lula (PT) e Michel Temer (MDB) foram presos depois de deixarem o mandato de presidente.
Caso seja derrotado e deixe o Palácio do Planalto, o presidente poderá ser julgado pela Justiça comum, o que eleva as possibilidades de responsabilização penal. Bolsonaro é alvo de centenas de denúncias, em especial por sua conduta durante a epidemia da COVID-19 e pelos ataques ao sistema eleitoral.
A possibilidade explicaria em parte a intensidade dos ataques proferidos pelo chefe do Executivo ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала