Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

EUA reinicializam conflitos 'latentes' por todo o mundo, diz deputado russo

© Sputnik / STRINGER / Abrir o banco de imagensPresidente norte-americano, Joe Biden depois da assinatura da lei Lend-Lease para Ucrânia, Casa Branca, Washington
Presidente norte-americano, Joe Biden depois da assinatura da lei Lend-Lease para Ucrânia, Casa Branca, Washington - Sputnik Brasil, 1920, 01.08.2022
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos lançaram uma campanha para reinicializar conflitos por todo o mundo, afirmou à Sputnik o deputado da Duma de Estado russa Adalbi Shkhagoshev. Na sua opinião, uma eventual crise em torno de Taiwan pode acabar com os planos geopolíticos norte-americanos.
Na terça-feira (26) na mídia taiwanesa apareceu uma notícia, de acordo com a qual a presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, poderia chegar a Taiwan já no futuro próximo. A China reagiu com uma declaração, afirmando que a visita vai acarretar "consequências sérias", assegurando que Pequim tomará medidas decisivas para defender a sua soberania nacional e integridade territorial.

"Agora os EUA estão tentando desbloquear o mais possível todos os conflitos latentes por todo o mundo, incluído Taiwan. Eles lançaram a sua reinicialização", defendeu o deputado.

Vista para o Ministério das Relações Exteriores da Federação da Rússia a partir do mirante do centro de negócios Golden Gate, Moscou, 4 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.08.2022
Panorama internacional
Ocidente procura politizar atividades da Interpol, diz MRE russo
Shkhagoshev acrescentou que, em meio aos fracassos geopolíticos, os Estados Unidos recorrem ao seu "método antigo: quanto mais conflitos, mais oportunidades para interferir a fim de se manterem à tona". Segundo o deputado russo, os EUA também perseguem interesses econômicos, tentando enfraquecer outros países ao provocarem conflitos.
"Estes dois conflitos – um que eles desencadearam na Ucrânia e outro em Taiwan – podem se tornar os últimos nas grandes provocações geopolíticas dos Estados Unidos", concluiu.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала