Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

DWN: Rússia e China estão 'desdolarizando' mundo com moeda única do BRICS

© Sputnik / Aleksei DruzhininPresidente da China Xi Jinping e o líder russo Vladimir Putin durante cerimônia oficial de boas-vindas no Kremlin, em Moscou, Rússia
Presidente da China Xi Jinping e o líder russo Vladimir Putin durante cerimônia oficial de boas-vindas no Kremlin, em Moscou, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 01.08.2022
Nos siga noTelegram
O jornal alemão Deutsche Wirtschafts Nachrichten (DWN) indicou que os países do BRICS estão gradualmente criando seu próprio sistema financeiro, independente do ocidental.
A publicação também aponta que tanto o líder chinês, Xi Jinping, quanto o presidente russo, Vladimir Putin, defendem uma moeda de reserva internacional do BRICS, criando estruturas alternativas ao atual sistema financeiro global, focadas no mercado dos EUA e no dólar.
O DWN destaca que os países do BRICS estão tomando há tempos medidas para deixar a dependência do dólar.
Em 2014, por exemplo, o bloco criou o Novo Banco de Desenvolvimento como uma alternativa ao Banco Mundial e ao FMI, além da criação de uma série de organizações e projetos.
Cédulas de dólares dos EUA e euros (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 22.07.2022
Panorama internacional
Lavrov: Rússia e África estão trabalhando para reduzir participação do dólar e do euro no comércio
Em 2015, a China criou o Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura, assim como o sistema de transferência bancária CIPS, que é uma alternativa ao SWIFT.
Desta forma, o jornal indica que Moscou e Pequim estão formando uma estratégia global para expandir sua influência em regiões geograficamente próximas, reduzindo a dependência de países estrangeiros e promovendo suas moedas como meios de pagamento no mercado externo.
Sendo assim, as duas potências seguem dando passos largos para o fim do domínio do dólar no mercado internacional e o surgimento de uma ordem financeira mundial multipolar com diversos centros de poder.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала