Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Biden diz que morte de líder da Al-Qaeda é justiça para famílias das vítimas do 11 de setembro

© AP Photo / Jim WatsonO presidente Joe Biden fala da varanda da Sala Azul da Casa Branca
O presidente Joe Biden fala da varanda da Sala Azul da Casa Branca - Sputnik Brasil, 1920, 01.08.2022
Nos siga noTelegram
"Esse líder terrorista não existe mais", disse Biden em pronunciamento sobre a operação da CIA em Cabul que resultou na morte de Ayman al-Zawahiri.
O presidente americano, Joe Biden, disse que a morte do líder da Al-Qaeda (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países), Ayman al-Zawahiri, confirmada nesta segunda-feira (1º), vai impedir "que o Afeganistão se torne um refúgio seguro para terroristas".
A declaração foi dada nesta noite, no aguardado pronunciamento do presidente americano sobre o ataque com drones efetuado em Cabul pela Agência Central de Inteligência dos EUA (CIA, na sigla em inglês) no último domingo (31). O ataque foi o primeiro orquestrado pelos EUA desde que o país retirou suas tropas do Afeganistão, há um ano, após duas décadas de guerra.
Milicianos afegãos se juntam às forças de defesa e segurança afegãs durante uma reunião em Cabul para tentar conter a maré dos últimos ganhos de território do Talibã, Afeganistão, 23 de junho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 28.06.2021
Retirada do Afeganistão: 'Para combater Talibã, ataques aéreos dos EUA podem continuar' diz analista
No pronunciamento, Biden afirmou que a morte de Al-Zawahiri traz justiça e algum senso de encerramento aos familiares das vítimas do 11 de setembro. "Esse líder terrorista não existe mais", disse Biden.
O presidente americano exaltou a operação da CIA e elogiou a inteligência americana, afirmando que "graças à sua extraordinária persistência e habilidade" foi possível obter sucesso.
A operação de contraterrorismo tinha como alvo dois integrantes da Al-Qaeda, sendo um deles Al-Zawahiri. O outro alvo era o líder jihadista Sheikh Bassam al-Saadi, que foi capturado vivo.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала