Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Alemanha tem 3 meses até sofrer crise devastadora, diz Bloomberg

© Sputnik / Aleksei VitvitskyUm gasoduto (imagem de referência)
Um gasoduto (imagem de referência) - Sputnik Brasil, 1920, 01.08.2022
Nos siga noTelegram
A Bloomberg indicou que a Alemanha tem apenas três meses para evitar a catástrofe que pode ser provocada pela escassez de gás no inverno europeu.
Segundo a mídia, apesar de a região estar passando pelo auge do verão, a Alemanha tem muito pouco tempo para evitar essa escassez, uma situação catastrófica provocada pela política indecisa do chanceler alemão Olaf Scholz e sua lentidão em reduzir a dependência da energia russa.
"Agora, as cidades estão sendo obrigadas a impor restrições [...] O palácio presidencial em Berlim já não é mais iluminado durante a noite, enquanto a cidade de Hannover desligou a água quente nos chuveiros das piscinas e academias [...]", destacou a mídia.
Câmara Municipal de Hanover, na Alemanha - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Panorama internacional
Crise energética: cidades da Alemanha proíbem água quente em prédios públicos
Além disso, a mídia informou que os municípios alemães estão preparando abrigos com aquecedores para proteger as pessoas do frio, sendo este apenas "o início de uma crise que devastará a Europa".
Outro ponto ressaltado pela mídia é que Berlim está falhando em lidar com a situação e que o país não pode contar com aliados europeus, pois estes também enfrentam problemas no fornecimento de energia e, ao invés de ajudarem, podem agravar a crise.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала