Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Zelensky anuncia evacuação obrigatória das áreas da RPD controladas pela Ucrânia

© AP Photo / Chung Sung-Jun / PoolO presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, aparece em vídeo enquanto discursa de forma remota para parlamentares da Coreia do Sul, em Seul, 11 de abril de 2022
O presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, aparece em vídeo enquanto discursa de forma remota para parlamentares da Coreia do Sul, em Seul, 11 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 30.07.2022
Nos siga noTelegram
Neste sábado (30), o governo ucraniano tomou a decisão de realizar uma evacuação obrigatória das áreas da República Popular de Donetsk (RPD) que estão sob controle de Kiev, disse o presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky.
Segundo anunciou Zelensky, os detalhes envolvendo a evacuação obrigatória dessas áreas já estão sendo organizados pelo governo ucraniano.
"Suporte e assistência total — tanto em relação à logística quanto de pagamentos. Só precisamos de uma decisão das próprias pessoas, que ainda não a tomaram por si mesmas. Vamos, nós ajudaremos", disse o presidente ucraniano em um comunicado.
© Sputnik / Aleksei Kudenko / Abrir o banco de imagensUm soldado do batalhão Vostok da milícia popular da República Popular de Donetsk (RPD) contorna o território da fábrica de Azovstal, em Mariupol, 21 de maio de 2022
Um soldado do batalhão Vostok da milícia popular da República Popular de Donetsk (RPD) contorna o território da fábrica de Azovstal, em Mariupol, 21 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 30.07.2022
Um soldado do batalhão Vostok da milícia popular da República Popular de Donetsk (RPD) contorna o território da fábrica de Azovstal, em Mariupol, 21 de maio de 2022
A RPD e a República Popular de Lugansk (RPL) tiveram suas independências reconhecidas pela Federação da Rússia no final de fevereiro em um processo que envolveu um acordo de apoio militar a essas áreas. A operação militar russa na Ucrânia foi deflagrada após o acionamento desse mecanismo pelas duas repúblicas, em meio à intensificação de violações de cessar-fogo na região por parte das tropas ucranianas.

Diante do avanço das forças russas em Donbass, a Ucrânia tem intensificado ataques à região após o recebimento de armas de artilharia de longo alcance dos EUA. É o caso do centro de detenção de Elenovka, na RPD, atacado com foguetes lançados por sistemas Himars na sexta-feira (29). Segundo autoridades locais, 53 pessoas morreram e mais de 130 ficaram feridas no ataque.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала