Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Pentágono lançará 5 satélites com sensores infravermelhos para detecção de mísseis

© Foto / GPA Photo ArchiveO empuxe de uma metralhadora cinética poderia retirar o satélite de sua trajetória (imagem ilustrativa)
O empuxe de uma metralhadora cinética poderia retirar o satélite de sua trajetória (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil, 1920, 30.07.2022
Nos siga noTelegram
O vice-presidente e gerente geral da empresa de tecnologia e empreiteira de defesa dos EUA L3Harris Technologies, Rob Mitrevski, disse em uma entrevista ao portal SpaceNews que cinco satélites de detecção de mísseis construídos pela empresa serão colocados em órbita no próximo ano como parte de um contrato com o Pentágono.
O gerente explicou que os próximos lançamentos de seus aparelhos orbitais são o resultado de anos de estudos e testes, o que lhes permitiu entrar "no mercado de satélites de defesa antimísseis", que tem sido dominado por empreiteiros maiores, como Northtrop Grumman e Lockheed Martin.
De acordo com o portal, quatro dos satélites com sensores infravermelhos, que foram construídos para a Agência de Desenvolvimento Espacial dos EUA (SDA, na sigla em inglês), serão colocados em órbita terrestre baixa em março de 2023.

A SDA planeja construir uma constelação de satélites militares para detecção e rastreamento de mísseis de outros países conhecida como Camada de Transporte.

Para o Trecho 0 da Camada de Transporte a agência espacial militar planeja utilizar quatro satélites da L3Harris bem como quatro satélites desenvolvidos pela SpaceX.
Aeróstato de vigilância JLENS dos Estados Unidos, foto de arquivo - Sputnik Brasil, 1920, 05.07.2022
Panorama internacional
EUA revelam nova arma destinada a combater mísseis hipersônicos da China e Rússia
Serão também utilizados outros dispositivos de satélite que estão atualmente sendo construídos pela Lockheed Martin e York Space.
No caso do quinto satélite, seu lançamento está programado para o próximo ano e se espera que fique orbitando na mesma trajetória que os outros quatro.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала