Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Mais de 1.000 entidades aparecem como usuárias de software russo de reconhecimento facial, diz mídia

© Folhapress / Danilo VerpaSistema de reconhecimento facial é testado no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, 15 de junho de 2021
Sistema de reconhecimento facial é testado no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, 15 de junho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 30.07.2022
Nos siga noTelegram
Mais de 1.000 organizações de mais de 60 países – incluindo Intel, SpaceX, Interpol e Philip Morris – receberam uma licença para usar a tecnologia de reconhecimento facial FindFace desenvolvida pela empresa russa NtechLab, informou a mídia norte-americana neste sábado (30).
De acordo com o site Business Insider, um banco de dados obtido de fonte anônima, listou mais de 1.100 entidades governamentais e empresariais que receberam licença para utilizar a ferramenta de reconhecimento facial desenvolvida pela empresa russa NtechLab, o FindFace.
A maioria das entidades na lista de usuários são agências policiais e militares, como a Interpol, a Polícia Federal do Brasil e as forças armadas tailandesas, bem como organizações governamentais russas, incluindo o Serviço Federal de Segurança da Rússia e o sistema penitenciário. A lista também inclui pelo menos 20 outras entidades sediadas na Ucrânia.
Um porta-voz da Philip Morris confirmou que a empresa considerou anteriormente fazer uso da tecnologia russa, mas acabou adquirindo-a de outra empresa. Intel e Nokia, por outro lado, estão negando o uso do FindFace.
O NtechLab confirmou que a lista inclui vários clientes atuais e também empresas e organizações que testaram o software para diferentes finalidades.
Homem observa um monitor de câmera de reconhecimento facial em um estande da empresa chinesa Ping'an Technology, em Pequim, 25 de abril de 2018. - Sputnik Brasil, 1920, 26.04.2022
Notícias do Brasil
'Meu rosto, minhas regras': por que cresce o apelo para banir tecnologias de reconhecimento facial?
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала