Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Kremlin reage ao pedido do Japão de não realizar exercícios perto das Curilas

CC BY-SA 2.0 / Flickr.com / Martin Ehrensvärd / Vista do vulcão Atlasova, nas ilhas Curilas, Rússia (imagem de arquivo)
Vista do vulcão Atlasova, nas ilhas Curilas, Rússia (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 30.07.2022
Nos siga noTelegram
A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia respondeu a uma nota do Japão, que instou Moscou a não conduzir manobras militares perto de ilhas contestadas por Tóquio.
Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, comentou na sexta-feira (29) a exigência do Japão para a Rússia não realizar exercícios militares nas Ilhas Curilas.
Yoshihiko Isozaki, vice-secretário-geral do gabinete de ministros do Japão, disse na quinta-feira (28) que Tóquio enviou uma nota à Rússia através de canais diplomáticos exortando que excluísse dos exercícios os "territórios do norte", como Tóquio chama as Ilhas Curilas.
Tanque IS-2 na ilha Shikotan, a maior ilha da cadeia das ilhas Curilas - Sputnik Brasil, 1920, 16.02.2022
Panorama internacional
Japão protesta após Rússia executar exercício militar nas Ilhas Curilas
"O sr. Isozaki poderia também ter exigido que o sol nascesse no oeste, não no leste. A propósito, não excluímos que a administração de Fumio Kishida [primeiro-ministro japonês] que ele representa realmente queira isto, a julgar por sua notória obsessão com a solidariedade com os EUA e outros países do 'campo ocidental'", apontou Zakharova em um comunicado da chancelaria da Rússia, chamando de inadequado o protesto do Japão.
"Somos obrigados a lembrar mais uma vez uma verdade evidente – as Ilhas Curilas meridionais são parte integrante do território da Federação da Rússia, cuja soberania pertence ao nosso país com base legal nos resultados da Segunda Guerra Mundial, e não está sujeita a dúvidas", resumiu a representante oficial do ministério russo.
O Ministério da Defesa da Rússia informou nesta semana que as tropas do Distrito Militar Oriental conduzirão os exercícios Vostok de 30 de agosto a 5 de setembro sob a direção do chefe do Estado-Maior. As manobras, que cobrirão 13 campos de tiro, também envolverão as Tropas Aerotransportadas, a Aviação de Longa Distância e a Aviação de Transporte Militar, bem como tropas de outros países.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала