Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

FMI alerta que economia global corre risco de desglobalização

© AP Photo / Cliff OwenA matriz do Fundo Monetário Internacional (FMI), na capital dos EUA, Washington D.C
A matriz do Fundo Monetário Internacional (FMI), na capital dos EUA, Washington D.C - Sputnik Brasil, 1920, 30.07.2022
Nos siga noTelegram
Segundo a organização, fragmentação da economia mundial em blocos vai impedir a comunidade internacional de abordar conjuntamente problemas globais como as mudanças climáticas, o que pode dificultar o comércio e a cooperação mundiais.
Um relatório publicado na última terça-feira (26) pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) alerta que a economia global pode se fragmentar em blocos geopolíticos devido ao conflito na Ucrânia e às sanções impostas contra a Rússia.
"Um sério risco para as perspectivas de médio prazo é que a guerra na Ucrânia contribuirá para a fragmentação da economia mundial em blocos geopolíticos com diferentes padrões tecnológicos, sistemas de pagamento transfronteiriços e moedas de reserva", previu o relatório de perspectivas econômicas globais para julho.
Segundo o FMI, essa divisão vai impedir a comunidade internacional de abordar conjuntamente problemas globais como as mudanças climáticas "com o risco adicional de que a atual crise alimentar se torne a norma". Além disso, poderia dificultar o comércio e a cooperação mundiais.
Da mesma forma, o aperto das sanções antirrussas poderia levar a uma interrupção completa do fornecimento de gás russo para a Europa até o final de 2022, o que, por sua vez, aumentaria as "expectativas de inflação" e apertaria as condições financeiras à medida que os governos tentam lidar com o aumento dos preços.
Além disso, condições financeiras globais mais apertadas podem levar a um aumento do endividamento nas economias emergentes e em desenvolvimento.
O presidente norte-americano, Joe Biden, fala com repórteres ao chegar à Casa Branca, Washington, EUA, 16 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.07.2022
Panorama internacional
Sem luz no fim do túnel: EUA têm poucas chances de evitar recessão, diz FMI
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала