Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Tropas ucranianas bombardeiam Donetsk com 8 projéteis de calibre 152 mm, diz RPD

© AP Photo / Efrem LukatskyMilitares ucranianos operam obuseiro M777, de 155 mm, fornecido pelos EUA
Militares ucranianos operam obuseiro M777, de 155 mm, fornecido pelos EUA - Sputnik Brasil, 1920, 29.07.2022
Nos siga noTelegram
As tropas ucranianas bombardearam o distrito de Kuibyshevsky, na República Popular de Donetsk (RPD), disparando oito projéteis de calibre 152 mm, de acordo com o escritório de representação da república no Centro Conjunto de Controle e Coordenação do Regime de Cessar-fogo (JCCC, na sigla em inglês).
"O fogo foi registrado nas formações armadas da Ucrânia, às 05h57 no horário de Moscou (23h57 em Brasília), na direção do assentamento de Vodiane, em Donetsk, no distrito de Kuibyshevsky: oito projéteis de calibre 152 milímetros foram disparados", disse o representação.
A Rússia iniciou a operação militar especial, em 24 de fevereiro, com o objetivo de "desmilitarizar" e "desnazificar" a Ucrânia, após pedido de ajuda das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) para combater ataques de tropas ucranianas.
A missão, segundo o Ministério da Defesa russo, tem como alvo apenas a infraestrutura militar da Ucrânia.
Além disso, as Forças Armadas da Rússia têm acusado militares ucranianos de usar "métodos terroristas" nos combates, como fazer civis de "escudo humano" e se alojar em construções não militares.
© Sputnik / Viktor AntonyukBlindado russo em Nikolaev, na região de Donetsk
Blindado russo em Nikolaev, na região de Donetsk - Sputnik Brasil, 1920, 29.07.2022
Blindado russo em Nikolaev, na região de Donetsk
Desde o início da operação, os EUA e seus aliados iniciaram a aplicação de sanções contra Moscou. Entre as medidas estão restrições econômicas às reservas internacionais russas e a suas exportações de petróleo, gás, carvão, aço e ferro.
Além disso, a União Europeia censurou o acesso à Sputnik e ao RT em seu território. YouTube, Facebook, Instagram e Twitter também restringiram o acesso a páginas e links de mídias estatais russas. No caso do YouTube, todas essas mídias foram banidas da plataforma.
Representante oficial do MRE russo, Maria Zakharova, durante briefing em 22 de julho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Panorama internacional
Lavrov vai dar atenção a pedido de telefonema dos EUA 'quando o tempo permitir', afirma MRE russo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала