Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Inundações deixam ao menos 8 vítimas fatais no Kentucky (VÍDEOS)

© AP Photo / Timothy D. EasleyMembros do Corpo de Bombeiros de Winchester, no Kentucky, andam com barcos infláveis pelas águas, em meio a inundações no estado, para resgatar pessoas, em 28 de julho de 2022
Membros do Corpo de Bombeiros de Winchester, no Kentucky, andam com barcos infláveis pelas águas, em meio a inundações no estado, para resgatar pessoas, em 28 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.07.2022
Nos siga noTelegram
O número de mortos por inundações causadas por fortes chuvas no estado americano do Kentucky subiu para oito, disse o governador do estado, Andy Beshear, na noite desta quinta-feira (28).
O governador declarou estado de emergência e alertou que o número de mortos pode ser ainda maior. Ele classificou o desastre como "um dos piores e mais devastadores eventos de inundação da história do Kentucky".
De acordo com o portal Poweroutage.us, mais de 23 mil casas estão sem eletricidade no estado, devido ao mau tempo.
O meteorologista do Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA (NWS, na sigla em inglês) Alex Lamers descreveu as tempestades como um "evento de chuva extrema".
Além de vítimas fatais, muitos moradores perderam suas casas. Enquanto aguardavam por resgate, alguns subiram nos telhados e em árvores para escapar das inundações, causadas por chuvas torrenciais que afetam o estado.
Imagens de drone da inundação no Kentucky depois que a água recuou.
Na semana passada, fui ajudar os trabalhos em uma situação semelhante na Virgínia… Foi uma mudança de vida ver esse dano. Agora, ver isso acontecendo novamente no leste do Kentucky é de partir o coração. Orações.
As tempestades se desenvolveram devido a uma "cúpula de calor" de alta pressão, que retém o ar intensamente quente em grande parte dos Estados Unidos, em uma dinâmica impulsionada pelo fenômeno climático La Niña. O evento vai se prolongar pelo menos até o fim de agosto e pode persistir até o início de 2023, de acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM).
Imagem mostra prédio onde ocorreu um incêndio, em um albergue, no sudeste de Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Panorama internacional
Incêndio em albergue em Moscou deixa 8 mortos e 3 feridos (VÍDEO)
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала