Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Incêndio em albergue em Moscou deixa 8 mortos e 3 feridos (VÍDEO)

© SputnikImagem mostra prédio onde ocorreu um incêndio, em um albergue, no sudeste de Moscou
Imagem mostra prédio onde ocorreu um incêndio, em um albergue, no sudeste de Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Nos siga noTelegram
Um incêndio em um prédio residencial no sudeste de Moscou, onde havia um albergue, deixou oito pessoas mortas e três feridas, nesta quinta-feira (28), informou o Ministério para Situações de Emergência da Rússia.
Mais cedo, os serviços de emergência disseram à Sputnik que o fogo começou no primeiro andar do edifício residencial de 16 andares, na rua Alma-Atinskaya, número 7, no prédio 2. De acordo com o ministério, a área total atingida pelo incêndio foi de cerca de 150 metros quadrados.
O órgão foi acionado às 23h58 no horário de Moscou (17h58 em Brasília). O fogo foi extinto às 0h47 (18h47 de Brasília).

"A área do incêndio foi de cerca de 150 metros quadrados. Há um albergue no térreo. Durante o reconhecimento e extinção do incêndio, uma pessoa foi resgatada do segundo andar por unidades de bombeiros. Infelizmente, oito pessoas foram encontradas sem sinais de vida, e três estão sendo atendidas", diz a mensagem do ministério.

Oito pessoas morreram em um incêndio em um albergue no sul de Moscou. O incêndio ocorreu em um prédio alto na rua Alma-Atinskaya. O fogo se espalhou para três quartos no primeiro andar. Os serviços de emergência estão no local.
Segundo Andrei Rumyantsev, chefe interino da sede do Ministério para Situações de Emergência, o albergue possuía alarme de incêndio, mas o aparelho não funcionou.
"O acionamento falhou. Como parte da investigação, esse motivo será apurado", disse Rumyantsev a repórteres.
Além da falha no alarme, ele explicou que o alto número de vítimas ocorreu devido a grades instaladas nas janelas do albergue, que teriam impedido a saída das pessoas do local.

"A principal causa das mortes são as grades instaladas nas janelas", confirmou.

Imagem mostra chamas em um prédio residencial na avenida Leninsky Prospekt, em Moscou, em 20 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 20.07.2022
Panorama internacional
Prédio pega fogo em Moscou e 400 pessoas são evacuadas (VÍDEOS)
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала