Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

EUA se recusam a confirmar ou negar flexibilização de sanções contra Rússia em troca de prisioneiros

© AFP 2022 / MANDEL NGANO presidente dos EUA, Joe Biden, participa da Cúpula de Segurança e Desenvolvimento de Jeddah em hotel na cidade costeira de Jeddah, na Arábia Saudita, em 16 de julho de 2022
O presidente dos EUA, Joe Biden, participa da Cúpula de Segurança e Desenvolvimento de Jeddah em hotel na cidade costeira de Jeddah, na Arábia Saudita, em 16 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Nos siga noTelegram
A porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, se negou nesta quinta-feira (28) a comentar se a negociação dos Estados Unidos com a Rússia por uma troca de prisioneiros envolve a possibilidade de flexibilização de sanções.
O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, disse na quarta-feira (27) que o governo Joe Biden fez uma oferta ao Kremlin pela troca de prisioneiros. Os EUA querem o retorno de Paul Whelan e Brittney Griner.
A Rússia não manifestou se aceitará a proposta, e a chancelaria disse que, quando tiver tempo, vai avaliá-la.
Jean-Pierre foi questionada em coletiva sobre se o alívio de sanções aos russos está sobre a mesa, mas se negou a negar ou confirmar.

"Não vou entrar em detalhes aqui. Simplesmente não podemos negociar daqui", disse a porta-voz da Casa Branca.

Esta imagem combinada mostra o presidente dos EUA, Joe Biden, em Washington, 6 de novembro de 2021, e o presidente da China, Xi Jinping, em Brasília, Brasil, 13 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Panorama internacional
Em ligação com Biden, Xi cita Taiwan e alerta que 'aqueles que brincam com fogo só se queimam'
Em junho de 2020, Whelan foi condenado a 16 anos de prisão em penitenciária de segurança máxima. De acordo o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB, na sigla em russo), Whelan foi detido em 2018 durante uma "ação de espionagem". Já Brittney Griner, atleta da WNBA, foi detida em março deste ano com óleo de haxixe.
O questionamento sobre um eventual alívio nas sanções foi levantado no mesmo dia em que o Senado dos EUA se mobilizou para pressionar o governo a aumentar o boicote à Rússia. Parlamentares do Partido Republicano querem que o país seja designado como um "Estado patrocinador do terrorismo".
A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, caracterizou o movimento potencial como um "golpe de propaganda" e uma "campanha de difamação".
Lançamento de míssil balístico Bulava a partir do submarino nuclear russo Yuri Dolgoruky, no mar Branco, em direção ao polígono de Kura (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 28.07.2022
Analista: EUA devem estar prontos para repelir simultaneamente ataques nucleares da Rússia e China
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала