Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Isolamento da Rússia declarado pelo Ocidente resultou no autoisolamento do Ocidente, diz MRE russo

© Sputnik / Serviço de imprensa do Ministério das Relações Exteriores da Rússia / Abrir o banco de imagensMaria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, durante briefing em Moscou, Rússia
Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, durante briefing em Moscou, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 27.07.2022
Nos siga noTelegram
O Ocidente está caminhando para um beco sem saída tentando isolar a Rússia, porque no fim de contas é o Ocidente que acaba por se isolar do resto do mundo, afirmou a representante oficial da diplomacia russa, Maria Zakharova.

"O isolamento que o Ocidente declarou em relação à Rússia resultou no autoisolamento do próprio Ocidente do resto do mundo. Agora testemunhamos o processo no terreno, incluindo durante visitas a diferentes países", disse Zakharova no programa de rádio Sputnik.

"Aconteça o que acontecer, por muito que eles intimidem [outros países], quaisquer que sejam as instruções que enviam, quaisquer que sejam as condições que estabeleçam, por muito que andem atrás de ministros e presidentes de vários países, eles se colocam em uma posição ainda mais tonta, aproximando-se ainda mais de um beco sem saída", salientou Zakharova.
A diplomata acrescentou que o Ocidente está criando ainda mais dificuldades para ele mesmo, enquanto seus políticos não possuem ferramentas políticas nem diplomáticas para reverter a situação.
Chanceler russo, Sergei Lavrov - Sputnik Brasil, 1920, 26.07.2022
Panorama internacional
Chanceler russo Lavrov: deve-se perguntar aos EUA por que Kiev rejeita negociações

"Entendo que para eles [o Ocidente] talvez tenha sido uma espécie de jogo final. Talvez na realidade tenham aumentado as suas apostas tanto que era preciso apostar tudo, até aquilo que eles não têm. Pensavam que podiam arriscar inclusive com o seu próprio nome. Apostaram tudo – e perderam a aposta", concluiu a diplomata.

"Agora não entendem que essa aposta começou a jogar contra eles mesmos, cada dia e cada vez mais", acrescentou.
Após o início da operação militar russa de desmilitarização e desnazificação da Ucrânia, o Ocidente aumentou a pressão das sanções contra Moscou: ativos russos de centenas de bilhões de dólares foram congelados, com certos bancos russos tendo sido desligados do sistema SWIFT e muitas marcas comerciais tendo abandonado o país. A União Europeia já aprovou sete pacotes de sanções, através dos quais impôs o embargo ao carvão e petróleo russos. Tudo isso resultou em problemas econômicos para o próprio Ocidente, ao provocar o aumento da inflação, especialmente os preços dos alimentos e combustíveis.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала