Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Exército britânico 'precisa de mais dinheiro' para lidar com 'ameaças crescentes', diz ministro

© AP Photo / Khalid Mohammed, FileSoldados britânicos atuando na Síria
Soldados britânicos atuando na Síria - Sputnik Brasil, 1920, 27.07.2022
Nos siga noTelegram
O ministro da Defesa do Reino Unido, Bem Wallace, afirma que, ao contrário dos planos de reduzir o número de militares do país, as Forças Armadas devem crescer e que o novo primeiro-ministro deve gastar mais dinheiro no Exército ante os crescentes desafios militares.
Em entrevista à Sky News no início desta semana, Wallace disse que "a defesa precisa de mais dinheiro porque a ameaça tem aumentado". O ministro lembrou que, atualmente, os gastos militares do Reino Unido são pouco mais de 2% do PIB nacional e estão "caindo".
"Nós [Reino Unido] provavelmente estaremos abaixo de 2% no ano de 2026, talvez [no ano financeiro] 2025-26 ou 2026-2027. Estamos descendo. Vamos passar do primeiro [lugar nos gastos de defesa] na Europa para o oitavo e continuar caindo", disse.
Ao ser questionado como um aumento nos gastos com a defesa para 3% do PIB até 2030 pode impactar a dimensão e as capacidades do Exército, Marinha e Força Aérea britânicos, Wallace disse que certos programas de equipamentos provavelmente serão adquiridos mais rapidamente.

"Acho que você veria um aumento nas dimensões do exército, mas não necessariamente onde as pessoas pensam", detalhou.

Anteriormente as autoridades de Londres informaram que planejavam reduzir a quantidade de tropas de 82.000 para apenas 72.500 militares.
Militar russo em um comboio militar na estrada perto da fronteira com a Ucrânia na cidade de Armyansk, Crimeia - Sputnik Brasil, 1920, 19.06.2022
Panorama internacional
Novo chefe do Estado-Maior britânico exorta a criar Exército capaz de vencer a Rússia
Em relação a isso, o ex-chefe do Estado-Maior do Reino Unido, general Richard Dannatt, alertou que este é um plano "insano" uma vez que colocaria pressão insustentável sobre aquilo que restar das Forças Armadas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала