Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Sem luz no fim do túnel: EUA têm poucas chances de evitar recessão, diz FMI

© AP Photo / Andrew HarnikO presidente norte-americano, Joe Biden, fala com repórteres ao chegar à Casa Branca, Washington, EUA, 16 de julho de 2022
O presidente norte-americano, Joe Biden, fala com repórteres ao chegar à Casa Branca, Washington, EUA, 16 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.07.2022
Nos siga noTelegram
Para o economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Pierre-Olivier Gourinchas, há grande probabilidade de que a economia dos EUA entre em recessão sob as projeções atuais.
O FMI cortou as previsões de crescimento global novamente nesta terça-feira (26), alertando que os riscos negativos da inflação alta e do conflito na Ucrânia estão se materializando e podem levar a economia mundial à beira da recessão se não forem controlados.

Falando sobre a economia norte-americana, Pierre-Olivier Gourinchas explicou que "a probabilidade de que a economia dos EUA evite uma recessão é realmente bastante estreita. Sob nossas projeções atuais [...], a taxa de crescimento do quarto trimestre em 2023 é de apenas 0,6%", disse o economista-chefe.

Segundo ele, "um pequeno choque neste momento pode ser suficiente para derrubar a economia dos EUA de um número bastante baixo e meio que incliná-la para a recessão. Então é um caminho muito estreito neste momento".
Presidente dos EUA, Joe Biden, durante cúpula da OTAN em Madri, 29 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 19.07.2022
Panorama internacional
Determinado a combater até o fim com a Rússia, Biden está perdendo a batalha na Ucrânia, diz mídia
Falando sobre a crise econômica no mundo, relatou que o crescimento do produto interno bruto (PIB) real global desacelerará para 3,2% em 2022, ante uma previsão de 3,6% divulgada em abril. O Fundo acrescentou que o PIB mundial contraiu no segundo trimestre devido a retrações na China e na Rússia.

"A perspectiva piorou significativamente desde abril. O mundo poderá em breve estar à beira de uma recessão global, apenas dois anos após a última", disse Gourinchas.

O FMI disse que suas últimas previsões são "extraordinariamente incertas" e estão sujeitas aos riscos negativos do aumento dos preços da energia e dos alimentos devido ao conflito na Ucrânia.
O FMI disse que agora espera que a taxa de inflação nas economias desenvolvidas atinja 6,6% em 2022, acima dos 5,7% das previsões de abril. A inflação nos mercados emergentes e países em desenvolvimento deve agora atingir 9,5% em 2022, acima dos 8,7% em abril.
Bandeiras dos países-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) tremulam ao vento do lado de fora da sede da aliança em Bruxelas, 22 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.07.2022
Panorama internacional
Colapso econômico do Ocidente e OTAN pode significar fim do apoio à Ucrânia, diz mídia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала