Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

China condena livro branco do Japão por declarações sobre Taiwan

© AFP 2022 / Sam YehMarinha taiwanesa lança míssil Standard fabricado nos EUA a partir de uma fragata durante exercícios anuais Han Kuang, perto do porto da Marinha de Suao, condado de Yilan, Taiwan, 26 de julho de 2022
Marinha taiwanesa lança míssil Standard fabricado nos EUA a partir de uma fragata durante exercícios anuais Han Kuang, perto do porto da Marinha de Suao, condado de Yilan, Taiwan, 26 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.07.2022
Nos siga noTelegram
As afirmações do Ministério da Defesa do Japão sobre Taiwan em um relatório minam as relações sino-japonesas e as normas básicas das relações internacionais, escreveu um porta-voz do Ministério da Defesa da China.
O livro branco recém-publicado pelo Ministério da Defesa do Japão mina as bases das relações sino-japonesas com declarações infundadas sobre a segurança de Taiwan, disse na terça-feira (26) Wu Qian, porta-voz do Ministério da Defesa chinês.
"O uso do livro branco da Defesa do Japão para interferir na questão de Taiwan viola seriamente as normas básicas das relações internacionais, viola as obrigações do Japão com a China na questão de Taiwan, mina a base política das relações sino-japonesas e exacerba as tensões no estreito de Taiwan", afirmou Wu em uma declaração na rede social WeChat.
O responsável acrescentou que a questão de Taiwan é um assunto interno da China e que qualquer interferência estrangeira é inaceitável.
Militares saem de aeronave MV-22 Osprey, da Força Aérea de Autodefesa do Japão, durante exercício conjunto com o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA na área de treinamento de Higashifuji em Gotemba, prefeitura de Shizuoka, Japão, 15 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 22.07.2022
Panorama internacional
Novo livro branco do Japão chama China, Coreia do Norte e Rússia de 'ameaças à ordem internacional'
"Compatriotas de ambos os lados do estreito de Taiwan nunca esquecerão que o Japão uma vez invadiu Taiwan à força através de uma guerra agressiva", disse ele.
O livro branco do Japão, liberado na sexta-feira (22), nota o crescente potencial militar da China e alega que existe a possibilidade de ele ser usado contra Taiwan, se necessário. O Ministério das Relações Exteriores chinês já protestou contra a posição do relatório sobre Pequim.
Taiwan se tornou em 1949 um reduto do Partido Nacionalista Chinês (ou Kuomintang) após perder para o Partido Comunista em uma guerra civil. O continente chinês e a ilha retomaram os negócios e os contatos informais no final dos anos 1980. Pequim se opõe a quaisquer contatos oficiais de países estrangeiros com Taiwan e considera indiscutível a soberania chinesa sobre a ilha, a qual garante que um dia se reunificará com o continente.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала