Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Aviação russa liquida divisão de artilharia e mais de 70 nacionalistas ucranianos

© Sputnik / Valentin KapustinSoldado russo a bordo do helicóptero Mi-8MTV na zona da operação especial russa na Ucrânia
Soldado russo a bordo do helicóptero Mi-8MTV na zona da operação especial russa na Ucrânia - Sputnik Brasil, 1920, 26.07.2022
Nos siga noTelegram
A Força Aeroespacial russa atingiu uma divisão de artilharia motorizada, eliminando mais de 70% dos equipamentos e pessoal ucranianos.
O Ministério da Defesa russo informou que, em resultado do ataque de precisão, mais de 40 mercenários, sendo a maioria deles poloneses, foram eliminados, bem como 70 nacionalistas ucranianos.
Segundo o MD russo, oito postos de comando da Ucrânia foram destruídos em 24 horas em Donetsk.
Foi também destruído um radar AN/TPQ-3, de fabricação norte-americana, usado pelas tropas ucranianas na região de Donetsk.
Em 24 horas, as forças russas atingiram quatro brigadas de obuseiros D-20, sete pelotões de artilharia autopropulsada Gvozdika e nove unidades de canhões D-30.
Bandeiras dos países-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) tremulam ao vento do lado de fora da sede da aliança em Bruxelas, 22 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.07.2022
Panorama internacional
Colapso econômico do Ocidente e OTAN pode significar fim do apoio à Ucrânia, diz mídia
No total, desde o início da operação militar especial foram eliminados: 260 aviões, 144 helicópteros, 1.613 drones, 358 sistemas de defesa antiaérea, 4.162 tanques e outros veículos blindados de combate, 763 lançadores múltiplos de foguetes, 3.201 peças de artilharia de campanha, entre as quais morteiros, bem como 4.481 unidades de veículos militares especiais, informou o Ministério da Defesa russo.
Em 24 de fevereiro de 2022, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou o início de uma operação especial militar para desmilitarização e desnazificação da Ucrânia.
Durante a operação, as Forças Armadas da Rússia eliminam instalações da infraestrutura militar ucraniana, sem realizar ataques contra alvos civis em cidades.
Os militares russos também organizam corredores humanitários para a população civil que foge da violência dos neonazistas e nacionalistas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала