Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mar do Sul da China não é 'parque de safári' para países fora da região, diz Pequim

© AP Photo / Aijaz RahiBandeiras de países membros da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN, na sigla em inglês)
Bandeiras de países membros da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN, na sigla em inglês) - Sputnik Brasil, 1920, 25.07.2022
Nos siga noTelegram
O Ministério das Relações Exteriores chinês criticou em um simpósio "poderes extraterritoriais" por tentarem manter sua "hegemonia" no mar do Sul da China.
Wang Yi, ministro das Relações Exteriores da China, exortou na segunda-feira (25) a Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN, na sigla em inglês) a rejeitar a interferência externa no mar do Sul da China, dizendo que não é um "parque de safári" para governos fora da região.
Wang discursou em um simpósio on-line para marcar o 20º aniversário da assinatura da Declaração Sobre a Conduta (DOC, na sigla em inglês) das Partes no Mar do Sul da China, o primeiro documento oficial que exige uma resolução da disputa no mar a nível regional.
O ministro das Relações Exteriores chinês Wang Yi fala durante um evento promocional no Ministério das Relações Exteriores em Pequim, 20 de outubro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 11.07.2022
Panorama internacional
China exorta países da Ásia a não virarem 'peças de xadrez' de grandes potências
Wang disse que os países da região são os "verdadeiros mestres" em lidar com suas disputas no mar do Sul da China.
"[...] No processo de implementação do DOC seguimos sempre a tradição asiática de respeito mútuo e cumprimento de promessas, abandonando a mentalidade de soma zero, que tem manifestado o grande valor e vitalidade da declaração."
Wang disse que "poderes extraterritoriais" estão deliberadamente provocando conflitos na região com o propósito de manter sua "hegemonia", sugerindo que os governos estrangeiros só devem ser bem-vindos se pretenderem promover "paz e cooperação".
Os EUA e ocasionalmente outros países ocidentais têm conduzido operações de "liberdade de navegação" no mar do Sul da China, cuja maior parte do território Pequim afirma deter.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала