Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Bombardeio das forças ucranianas contra cidade da RPL deixa 4 civis mortos

© Sputnik / Viktor AntonyukSoldados da RPL na fronteira entre as regiões de Lugansk e Carcóvia
Soldados da RPL na fronteira entre as regiões de Lugansk e Carcóvia - Sputnik Brasil, 1920, 25.07.2022
Nos siga noTelegram
No domingo (24), quatro civis foram mortos durante um bombardeio à cidade de Rubizhne por tropas ucranianas, disse a missão da República Popular de Lugansk (RPL) ao Centro Conjunto de Controle e Coordenação do regime de cessar-fogo (JCCC, na sigla em inglês).
A informação foi divulgada por meio das redes sociais pela missão da RPL, que detalhou que o ataque foi realizado com armas de artilharia de 155 mm.
No sábado (23), a cidade de Krasny Luch, também na RPL, foi bombardeada por sistemas lançadores múltiplos de foguetes Himars. Esses equipamentos de artilharia de longo alcance são fornecidos pelos Estados Unidos à Ucrânia.
© Sputnik / Viktor AntonyukEfetivos da Milícia Popular de Lugansk se aproximam de Lisichansk, em 8 de julho de 2022
Efetivos da Milícia Popular de Lugansk se aproximam de Lisichansk, foto publicada em 8 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 25.07.2022
Efetivos da Milícia Popular de Lugansk se aproximam de Lisichansk, em 8 de julho de 2022
No início do mês, a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse que Washington forneceu informações à Ucrânia para bombardear cidades de Donbass usando os Himars. Segundo Zakharova, os ataques de artilharia das Forças Armadas da Ucrânia tornaram-se mais frequentes após o fornecimento desse tipo de armamento.
A operação militar especial russa na Ucrânia foi deflagrada no fim de fevereiro, após solicitação de assistência militar da RPL e da República Popular de Donetsk (RPD). O pedido a Moscou foi feito depois do aumento das violações de cessar-fogo por parte das forças ucranianas. Desde então, os EUA e seus aliados intensificaram progressivamente o envio de armas à Ucrânia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала