Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Reino Unido quer implantar submarinos nucleares na Austrália para conter China na região, diz mídia

© US Navy photoSubmarino norte-americano da classe Virginia SSN 774 USS (foto de arquivo)
Submarino norte-americano da classe Virginia SSN 774 USS (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 22.07.2022
Nos siga noTelegram
O Reino Unido enviará uma frota de submarinos nucleares para a Austrália em uma tentativa de conter a influência da China na região, escreve Daily Mail.
Espera-se que na próxima semana, em uma conferência naval em Sydney, o chefe das Forças Armadas do Reino Unido, Tony Radakin, consiga chegar a um acordo relativamente a essa questão, cumprindo assim o compromisso de Londres no âmbito da aliança de segurança AUKUS, formada por Austrália, Reino Unido e Estados Unidos, avança jornal.

Os submarinos estarão implantados na costa oeste da Austrália, na cidade de Perth, até 2024 para conduzir missões de patrulha. Oficiais de submarinos australianos serão integrados à tripulação britânica com o objetivo de aperfeiçoar suas aptidões.

De acordo com a mídia, a Marinha Real britânica não revelou quantos submarinos podem ser enviados para a Austrália, dizendo que todos os detalhes operacionais sobre a frota de submarinos do Reino Unido são classificados. O Ministério da Defesa do país também se recusou a comentar o assunto.
Marinheiros americanos designados para o destróier de classe Arleigh Burke, USS John S. McCain, abaixam o mastro enquanto o navio se dirige para uma patrulha de rotina na região Indo-Ásia-Pacífico - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Panorama internacional
Austrália exorta EUA a reforçarem presença militar para evitar 'falha catastrófica' na Ásia-Pacífico
A parceria AUKUS, estabelecida em setembro de 2021, visa que a Austrália crie sua própria frota de submarinos movidos a energia nuclear, com a entrega planejada de pelos menos oito navios. Rússia e China têm expressado preocupações sobre os desafios de segurança na região decorrentes da criação do AUKUS, dizendo que isso poderia resultar no colapso do regime de não proliferação nuclear.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала