Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Pior que bloco soviético: analista alerta para criação de nova aliança após visita de Putin ao Irã

© AFP 2022 / MUSTAFA KAMACI / Presidência da TurquiaPresidente turco, Recep Tayyip Erdogan (à esquerda), o presidente iraniano, Ebrahim Raisi (no centro), e o presidente russo, Vladimir Putin, após a Cúpula Trilateral de Líderes dos Estados-Garantes do processo de resolução da crise síria em Teerã, 19 de julho de 2022
Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan (à esquerda), o presidente iraniano, Ebrahim Raisi (no centro), e o presidente russo, Vladimir Putin, após a Cúpula Trilateral de Líderes dos Estados-Garantes do processo de resolução da crise síria em Teerã, 19 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 22.07.2022
Nos siga noTelegram
A recente viagem do presidente russo Vladimir Putin a Teerã pode significar problemas para o Ocidente, afirma o diretor do Instituto de Pesquisa de Crises da Universidade de Oxford, Mark Almond, em seu artigo para o Daily Mail.
O analista acredita que a declaração de Yuri Ushakov, assessor para Relações Exteriores do presidente russo, sobre os planos da Rússia e do Irã de elevar as relações bilaterais para um novo nível de parceria estratégica deve ser considerada um aviso para os líderes ocidentais.

"A presença do [presidente turco Recep Tayyip] Erdogan ante o fortalecimento desta amizade é outro grave motivo de preocupação", apontou Mark Almond.

O diretor sugere que a reunião trilateral dos líderes da Rússia, Turquia e Irã pode estabelecer uma nova aliança contra o Ocidente.

"A cúpula mostra o surgimento de uma aliança antiocidental e antidemocrática que se estende da periferia do Leste Europeu ao mar do Sul da China - com a Mãe Rússia em seu centro. É uma perspectiva inquietante", acredita o analista.

Em Teerã, os presidentes da Rússia, Vladimir Putin (à esquerda), do Irã, Ebrahim Raisi (centro), e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan (à direita), participam de cúpula trilateral do processo de Astana como líderes garantidores do cessar-fogo na Síria, 19 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 19.07.2022
Panorama internacional
Putin: Rússia, Irã e Turquia adotam declaração conjunta sobre a Síria após cúpula 'construtiva'
Além do mais, Almond crê que a ameaça emergente poderia se tornar mais perigosa do que o antigo bloco soviético.
Nesta terça-feira (19), os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, do Irã, Ebrahim Raisi, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, se reuniram na Cúpula Trilateral de Líderes dos Estados-Garantes do processo de resolução da crise síria, que visa promover o fim das hostilidades no país.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала