Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Lavrov: Rússia e África estão trabalhando para reduzir participação do dólar e do euro no comércio

CC BY 2.0 / Flickr.com / Images Money / Cédulas de dólares dos EUA e euros (imagem de arquivo)
Cédulas de dólares dos EUA e euros (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 22.07.2022
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores russo referiu que a Rússia e os países africanos com que Moscou realiza comércio estão aumentando o papel de moedas nacionais e sistemas de pagamento alternativos.
A Rússia e seus parceiros africanos estão trabalhando para reduzir consistentemente a proporção do dólar e do euro no comércio mútuo, disse na sexta-feira (22) Sergei Lavrov, ministro das Relações Exteriores russo.
"É claro que a situação geopolítica atual exige certos ajustes nos mecanismos de nossa interação: primeiro de tudo, falamos em garantir uma logística ininterrupta e estabelecer sistemas de liquidação financeira que sejam protegidos contra interferências do exterior", explicou Lavrov.
"Em conjunto com seus parceiros, a Rússia está tomando medidas para expandir o uso de moedas nacionais e sistemas de pagamento. Estamos trabalhando para reduzir consistentemente a proporção do dólar e do euro no comércio mútuo", disse o ministro russo.
O chanceler da Rússia acrescentou que Moscou defende a criação de um sistema financeiro independente e eficaz que seja invulnerável à influência potencial de Estados hostis.
Os líderes dos países do BRICS participam de encontro do bloco em Brasília, Brasil, 14 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 12.07.2022
Panorama internacional
Ante queda de dólar e euro, é possível criação de moeda de reserva do BRICS, diz ex-presidente russo
A Rússia começou a aceitar em 1º de abril pagamentos de gás de "países hostis" em rublos para abandonar os pagamentos em dólares e euros. Vladimir Putin, presidente da Rússia, sublinhou que o não pagamento das transações na moeda russa será considerado uma falha no cumprimento de obrigações contratuais.
As autoridades russas também estão trabalhando para se afastar dos dólares e euros no comércio da Rússia com outros países.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала