Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Moscou explica razão das dificuldades no fornecimento de gás russo à Europa

© Sputnik / Aleksei Vitvitsky / Abrir o banco de imagensVálvulas de tubulação do gasoduto Gazela entre a República Tcheca e a Alemanha, utilizado para o transporte de gás russo à União Europeia (UE), 23 de novembro de 2021
Válvulas de tubulação do gasoduto Gazela entre a República Tcheca e a Alemanha, utilizado para o transporte de gás russo à União Europeia (UE), 23 de novembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 21.07.2022
Nos siga noTelegram
O porta-voz do presidente da Rússia respondeu sobre as dificuldades em garantir o fluxo de gás à Europa, que sugere serem devido às sanções impostas pela União Europeia.
Todas as dificuldades tecnológicas com o fornecimento do gás russo à Europa têm como causa as sanções ocidentais, disse Dmitry Peskov, porta-voz presidencial da Rússia.

"Quaisquer dificuldades tecnológicas que estão ligadas a isso, elas decorrem das restrições impostas pelos próprios Estados europeus. Para ser mais preciso, não os Estados, mas a União Europeia", garantiu Peskov aos repórteres.

"São estas restrições que não permitem o reparo de equipamentos, incluindo de turbinas, que operam em estações de compressão, e são precisamente estas restrições que levam ao fato de que algumas unidades atualmente não podem receber o serviço necessário", disse ele.
Terminal de gás em Baumgarten, Áustria, foto publicada em 14 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 18.07.2022
Panorama internacional
Empresas alemãs recebem carta da Gazprom sobre força maior no fornecimento de gás
Segundo o porta-voz do Kremlin, são estas restrições que estão causando problemas aos países europeus, enquanto a empresa estatal russa Gazprom está pronta para cumprir todas as suas obrigações.
Os países ocidentais impuseram sanções multissetoriais contra a Rússia desde que ela começou em 24 de fevereiro uma operação militar especial com o objetivo da "desmilitarização e desnazificação" da Ucrânia. Na opinião de Vladimir Putin, presidente russo, as sanções são parte da estratégia de longo prazo do Ocidente para enfraquecer a Rússia, e danificaram a economia mundial.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала