- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Eleições no Brasil são 'modelo' para o mundo, diz embaixada dos EUA após Bolsonaro criticar urnas

© AP Photo / Eraldo PeresO presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em frente a uma bandeira dos EUA durante entrevista coletiva, no Palácio do Itamaraty, em Brasília, em 20 de outubro de 2020 (foto de arquivo)
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em frente a uma bandeira dos EUA durante entrevista coletiva, no Palácio do Itamaraty, em Brasília, em 20 de outubro de 2020 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 20.07.2022
Nos siga noTelegram
Um dia após o presidente Jair Bolsonaro voltar a questionar o sistema eleitoral brasileiro, em reunião com diplomatas estrangeiros, a embaixada dos Estados Unidos em Brasília afirmou, nesta terça-feira (19), que as eleições no país são um "modelo" para o mundo.

"As eleições brasileiras, conduzidas e testadas ao longo do tempo pelo sistema eleitoral e instituições democráticas, servem como modelo para as nações do hemisfério e do mundo", diz o comunicado da embaixada americana, citada pelo portal G1.

No documento, a embaixada afirma ainda que está "confiante de que as eleições brasileiras de 2022 vão refletir a vontade do eleitorado".
Segundo o órgão, o Brasil tem "um forte histórico de eleições livres e justas, com transparência e altos níveis de participação dos eleitores".

"À medida que os brasileiros confiam em seu sistema eleitoral, o Brasil mostrará ao mundo, mais uma vez, a força duradoura de sua democracia", declarou.

© Folhapress / Pedro LadeiraUrnas eletrônicas para votação
Urnas eletrônicas para votação - Sputnik Brasil, 1920, 20.07.2022
Urnas eletrônicas para votação. Foto de arquivo
Em reunião com embaixadores estrangeiros no Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que o sistema eleitoral brasileiro é passível de fraudes. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, no encontro, com ao menos 70 diplomatas, o presidente citou vídeos descontextualizados e informações já desmentidas pela Justiça Eleitoral.
Após as declarações, ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e pré-candidatos à Presidência da República rebateram as falas de Bolsonaro.
Edson Fachin, atual presidente do TSE, reforçou a segurança do sistema eleitoral e disse que o debate político atual "tem sido achatado por narrativas nocivas que tensionam o espaço social".
Já o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, se reuniu em videoconferência com Fachin e "reiterou confiança total na higidez do processo eleitoral".

"Em nome do STF, o ministro Fux repudiou que, a cerca de 70 dias das eleições, haja tentativa de se colocar em xeque mediante a comunidade internacional o processo eleitoral e as urnas eletrônicas, que têm garantido a democracia brasileira nas últimas décadas", disse o STF em nota.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала