Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Tropas ucranianas dispararam 26 minas de 120 mm em Dolomitnoye, diz RPD

© AFP 2022 / ANATOLII STEPANOVTropas ucranianas dirigem tanques em uma estrada no leste de Donbass (foto de arquivo)
Tropas ucranianas dirigem tanques em uma estrada no leste de Donbass (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 19.07.2022
Nos siga noTelegram
Tropas ucranianas dispararam 26 minas de calibre 120 mm em Dolomitnoye, na República Popular de Donetsk (RPD), disse o escritório de representação da república no Centro Conjunto de Controle e Coordenação do regime de cessar-fogo (JCCC, na sigla em inglês).

"Depois das 6h [00h00 em Brasília], o bombardeio foi registrado nas formações armadas da Ucrânia. Na direção do assentamento de Dolomitnoye, 26 minas com calibre de 120 mm foram disparadas", disse o escritório.

Além disso, o escritório informou que às 04h40 (22h40 em Brasília) tropas ucranianas dispararam seis projéteis de 152 mm em Panteleymonovka, na RPD.
A vila de Dolomitnoye está localizada a aproximadamente 30 quilômetros de Gorlovka.
© Sputnik / Sergei AverinConsequências de bombardeio no centro de Donetsk pelas forças da Ucrânia, em 6 de junho de 2022
Consequências do bombardeio no centro de Donetsk pelas forças da Ucrânia, 6 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 19.07.2022
Consequências de bombardeio no centro de Donetsk pelas forças da Ucrânia, em 6 de junho de 2022. Foto de arquivo
Mais cedo na última segunda-feira (18), o vice-chefe da administração civil-militar de Kherson, Kirill Stremousov, afirmou à Sputnik que a região tem reforçado o sistema de defesa antiaérea regional devido à intensificação dos ataques com mísseis por forças ucranianas.
Além de confirmar o fortalecimento da defesa local, Stremousov afirmou que a administração local tem dados que mostram de onde as forças ucranianas estão lançando ataques contra Kherson.
O bombardeio de distritos residenciais na região pelas tropas ucranianas está mais frequente nas últimas semanas. Na última segunda-feira (18), um ataque contra a usina hidrelétrica de Kakhovka deixou pelo menos dois mortos.
Placa no prédio do Ministério das Relações Exteriores russo em Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 18.07.2022
Panorama internacional
MRE russo: Kiev volta hoje a confirmar que não deseja negociações com a Rússia nem quer paz
A Rússia iniciou a operação militar especial, em 24 de fevereiro, com o objetivo de "desmilitarizar" e "desnazificar" a Ucrânia, após pedido de ajuda das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) para combater ataques de tropas ucranianas.
A missão, segundo o Ministério da Defesa russo, tem como alvo apenas a infraestrutura militar da Ucrânia.
Além disso, as Forças Armadas da Rússia têm acusado militares ucranianos de usar "métodos terroristas" nos combates, como fazer civis de "escudo humano" e se alojar em construções não militares.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала