Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Narendra Modi quer curar 'vício' da Índia em armas estrangeiras

© AFP 2022 / SAM PANTHAKYPrimeiro-ministro da Índia, Narendra Modi
Primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi - Sputnik Brasil, 1920, 19.07.2022
Nos siga noTelegram
A Índia está buscando construir um "ecossistema de defesa" totalmente novo para reduzir drasticamente sua dependência de suprimentos de armas estrangeiras e, posteriormente, se transformar em um grande exportador de armas modernas, disse o primeiro-ministro Narendra Modi em um fórum de inovação militar nesta segunda-feira (18).
"Desenvolvemos o hábito de sermos dependentes de países estrangeiros até mesmo para os produtos mais simples. Como viciados em drogas, éramos viciados em produtos importados do exterior", afirmou Modi citado pela agência de notícias ANI.
Discursando em um seminário organizado pela Organização de Inovação e Promoção Nacional Naval e pela Sociedade dos Fabricantes de Defesa Indianos, o premiê disse que seu governo havia assumido uma "missão" para "mudar essa mentalidade" em 2014, e desde então não só aumentou o orçamento de defesa da Índia, mas garantiu que uma parte significativa dele fosse desviada para "o desenvolvimento do ecossistema de fabricação de defesa no próprio país".
"Hoje, grande parte do orçamento destinado à compra de equipamentos de defesa está sendo gasto em compras de empresas indianas", disse ele. "Nos últimos quatro ou cinco anos, nossas importações de defesa caíram cerca de 21%. Agora estamos nos movendo rapidamente do [papel do] maior importador de defesa para um grande exportador."
O ministro da Defesa de Israel, Benny Gantz (E) aperta a mão do ministro da Defesa da Índia, Rajnath Singh, ao chegar para uma reunião bilateral em Nova Deli em 2 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 02.06.2022
Índia e Israel firmam cooperação para desenvolver drones e mísseis militares em conjunto
Elogiando a Marinha da Índia por aumentar constantemente sua autossuficiência, Modi ressaltou que o "objetivo deve ser levar a defesa da Índia a alturas sem precedentes até o momento em que celebraremos 100 anos da Independência".
"Enquanto a Índia está se estabelecendo na arena global, têm ocorrido constantes ataques de desinformação, informação incorreta e publicidade falsa", acrescentou ele, notando que "a defesa nacional não se limita mais às fronteiras, mas é muito mais ampla".
Apesar da política de Nova Deli de diminuir sua dependência de suprimentos estrangeiros, desenvolvendo o setor de defesa nacional e diversificando as importações de armas, Moscou continua sendo seu principal parceiro, atendendo a quase metade das necessidades nos últimos cinco anos. A Rússia tem sido uma grande fornecedora de armas para a Índia, especialmente de sistemas de armas mais complexos, incluindo caças de combate e submarinos de ataque. Desde pelo menos os anos 2000, ela tem sido o maior vendedor de armas para a Índia, com exceção do ano passado, quando a França assumiu a liderança.
Os EUA, Israel e o Reino Unido também estão entre os principais fornecedores para o país do sul da Ásia. No início deste ano, o governo estadunidense supostamente procurou convencer a Índia a desacelerar sua cooperação de defesa com a Rússia, oferecendo a Nova Deli um pacote de assistência militar que poderia valer até US$ 500 milhões (R$ 2,7 bilhões), de acordo com a agência Bloomberg. Washington também se recusou a impor sanções contra a Índia por ela estar comprando sistemas avançados de defesa antiaérea russos S-400. Isso contrastou com seu tratamento da China, e até mesmo da Turquia, aliada da OTAN, que foram atingidas com sanções por comprarem as mesmas armas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала