Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ministra: com estoques quase esgotados, Alemanha não tem mais capacidade de fornecer armas à Ucrânia

© AP Photo / Joerg SarbachTanque antiaéreo Gepard 1A2 em demonstração durante uma apresentação de desempenho do Exército alemão em área de treinamento militar em Munster, na Alemanha, em 15 de junho de 2009
Tanque antiaéreo Gepard 1A2 em demonstração durante uma apresentação de desempenho do Exército alemão em área de treinamento militar em Munster, na Alemanha, em 15 de junho de 2009 - Sputnik Brasil, 1920, 19.07.2022
Nos siga noTelegram
As Forças Armadas da Alemanha estão ficando sem armas que podem ser fornecidas à Ucrânia, mas Kiev ainda pode contar com a assistência de Berlim no futuro, disse a ministra da Defesa alemã, Christine Lambrecht, nesta terça-feira (19).

"Não podemos enviar muitas [armas] da Bundeswehr [Forças Armadas da Alemanha]", disse Lambrecht à agência de notícias alemã dpa.

A ministra também disse que seu colega ucraniano, Aleksei Reznikov, já foi informado sobre as capacidades limitadas das Forças Armadas alemãs, acrescentando que Kiev pode contar com o apoio de Berlim no futuro.
No início deste mês, o Ministério Federal para Assuntos Econômicos e Ação Climática disse que a Ucrânia se tornou o segundo maior importador de armas alemãs, depois que Berlim aprovou a exportação de US$ 584 milhões (R$ 3,1 bilhões) em armas para Kiev nos primeiros seis meses de 2022.
Paletes de munição, armas e outros equipamentos com destino à Ucrânia são carregados em um avião por membros do 436º Esquadrão Aéreo do Porto durante uma missão de vendas militares estrangeiras na Base Aérea de Dover, no estado norte-americano de Delaware, em 30 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 07.07.2022
Panorama internacional
Alemanha anuncia novos fornecimentos de armas à Ucrânia
Em 24 de fevereiro, a Rússia lançou uma operação militar na Ucrânia depois que as repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) pediram ajuda para se defenderem das forças ucranianas.
O Ministério da Defesa da Rússia informou que a população civil não está em perigo e que as Forças Armadas do país miram apenas a infraestrutura militar ucraniana.
Em resposta, os Estados Unidos e seus aliados lançaram sanções abrangentes contra a Rússia e aumentaram a assistência militar à Ucrânia, enviando também armas letais. Moscou tem alertado repetidamente seus pares ocidentais contra a provocação de uma guerra maior.
Soldado alemão na base aérea da Bundeswehr em Renania-Palatinado - Sputnik Brasil, 1920, 02.06.2022
Panorama internacional
Alemanha não tem armas que prometeu fornecer à Ucrânia, diz oficial (VÍDEO)
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse que quaisquer remessas para a Ucrânia contendo armas letais podem ser tratadas como um alvo legítimo.
Dmitry Peskov, porta-voz de Vladimir Putin, presidente da Rússia, ecoou essas declarações, acrescentando que o fluxo contínuo de armas ocidentais dirigidas à Ucrânia está dificultando o processo de negociação.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала