Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

MRE russo: Kiev volta hoje a confirmar que não deseja negociações com a Rússia nem quer paz

© Sputnik / Vitaly BelousovPlaca no prédio do Ministério das Relações Exteriores russo em Moscou
Placa no prédio do Ministério das Relações Exteriores russo em Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 18.07.2022
Nos siga noTelegram
Kiev confirmou mais uma vez que não tem intenções de conduzir negociações com Moscou, porque o presidente Vladimir Zelensky não quer a paz, constatou hoje (18) a representante oficial do MRE russo, Maria Zakharova.
Nesta segunda-feira, 18 de julho, o chanceler ucraniano, Dmitry Kuleba, disse em entrevista ao Forbes Ukraina que as negociações com o lado russo são possíveis apenas após a derrota de Moscou. Conforme disse, agora não há motivos para negociações com a Rússia.
"Todos entendem que as negociações estão ligadas diretamente à situação na frente. Digo a todos os parceiros uma coisa simples: 'A Rússia deve se sentar à mesa de negociações após sua derrota no campo de batalha. Caso contrário, voltaria à linguagem dos ultimatos'", afirmou.

"É a resposta a todos aqueles que criticam a Rússia por 'não negociar com o regime de Kiev'. O próprio regime de Kiev se recusou. Kuleba confirmou isso mais uma vez hoje", disse Zakharova comentando as declarações do chanceler ucraniano no Telegram.

Na sua opinião, o ministro do país vizinho não mencionou que "isso não é o posicionamento do Estado ucraniano, mas a 'cantiga' de Washington, que o regime de Kiev aceitou interpretar".

"Mas o fato está confirmado: Zelensky e seus amigos (o que restou deles) não querem a paz", resumiu a diplomata russa.

O chanceler alemão Olaf Scholz responde a perguntas de legisladores durante uma sessão do parlamento alemão Bundestag, no prédio do Reichstag em Berlim, Alemanha, 6 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 18.07.2022
Panorama internacional
Scholz: UE não cancelará sanções se paz na Ucrânia for estabelecida nos 'termos impostos' por Moscou
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала