Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

EUA anunciam contrato bilionário de compra de satélites para rastrear mísseis hipersônicos

© Sputnik / Ministério da Defesa da RússiaUm míssil hipersônico Avangard é instalado em um silo na região de Orenburg, na Rússia, em 16 de dezembro de 2020
Um míssil hipersônico Avangard é instalado em um silo na região de Orenburg, na Rússia, em 16 de dezembro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 18.07.2022
Nos siga noTelegram
Nesta segunda-feira (18), o Departamento de Defesa dos Estados Unidos anunciou dois contratos no valor de US$ 1,3 bilhão (cerca de R$ 7 bilhões) para uma possível compra de 28 satélites capazes de rastrear mísseis hipersônicos.
O anúncio sobre a possível compra pela Agência de Desenvolvimento Espacial (SDA, na sigla em inglês) foi feito pelo Pentágono. Em comunicado, a Defesa dos EUA detalha que o projeto busca prover capacidade de rastreio e alerta sobre mísseis hipersônicos à Arquitetura Nacional de Defesa Espacial (NDSA, na sigla em inglês). A expectativa é de que o lançamento dos satélites será possível a partir de abril de 2025.
Todos os satélites contratados voarão a 1.000 quilômetros de altura com trajetória de órbita entre o polo norte e o polo sul. Os satélites terão a capacidade de detectar e rastrear veículos hipersônicos, além de calcular os alvos para serem enviados para interceptadores, segundo o disse o diretor da SDA, Derek Tournear.
© AFP 2022 / GREG BAKERDrone de vigilância hipersônico WZ-8 durante o desfile militar marcando o 70º aniversário da fundação da República Popular da China, em Pequim
Drone de vigilância hipersônico WZ-8 durante o desfile militar marcando o 70º aniversário da fundação da República Popular da China, em Pequim  - Sputnik Brasil, 1920, 18.07.2022
Drone de vigilância hipersônico WZ-8 durante o desfile militar marcando o 70º aniversário da fundação da República Popular da China, em Pequim . Foto de arquivo
Segundo o Pentágono, os contratos foram fechados com as empresas L3Harris Technologies e Northrop Grumman. Cada uma das empresas construirá 14 satélites. Apesar disso, os satélites da L3Harris custarão US$ 50 milhões (cerca de R$ 271,9 milhões) cada um, enquanto a Northrop Grumman receberá US$ 40 milhões (cerca de R$ 217 milhões) por cada.
Para Tournear, os satélites são um importante passo para o sistema de alerta dos EUA, sendo que Washington ainda não colocou satélites no ar capazes de detectar mísseis hipersônicos de alta capacidade de manobra como os desenvolvidos na Rússia e na China.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала