Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Canadá envia turbina do Nord Stream para a Alemanha

© AFP 2022 / JOHN MACDOUGALLVista do terminal do Nord Stream antes da cerimônia inaugural do primeiro gasoduto duplo de 1.224 quilômetros através do mar Báltico, em Lubmin, na Alemanha, em 8 de novembro de 2011
Vista do terminal do Nord Stream antes da cerimônia inaugural do primeiro gasoduto duplo de 1.224 quilômetros através do mar Báltico, em Lubmin, na Alemanha, em 8 de novembro de 2011 - Sputnik Brasil, 1920, 18.07.2022
Nos siga noTelegram
Turbina é crucial para o funcionamento do gasoduto, que é a principal rota de fornecimento de gás russo à Europa. Ela estava retida no Canadá por conta das sanções aplicadas contra a Rússia.
O Canadá enviou para a Alemanha uma turbina do gasoduto Nord Stream, após concluir os trabalhos de reparo no equipamento. Segundo noticiado pela Reuters, a turbina foi enviada de avião no último domingo (17).
A peça, que retorna para a estação de compressão de Portovaya, na Rússia, é crucial para o funcionamento do gasoduto, e a demora para realizar o reparo tem ganhado destaque nas últimas semanas. Sem a turbina, o Nord Stream não consegue funcionar com plena capacidade, o que levou a Rússia a reduzir o envio de gás para a Alemanha. O gasoduto é a principal rota de fornecimento do gás russo à Europa.
Logotipo da empresa Gazprom Germania na sua sede em Berlim, Alemanha, 6 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 17.07.2022
Panorama internacional
Reservas subterrâneas alemãs são insuficientes para país sobreviver no inverno sem o gás russo
As turbinas passam por manutenção anualmente, feita pela empresa alemã Siemens, mas neste ano as sanções aplicadas à Rússia pelos EUA e União Europeia, em represália à operação militar especial na Ucrânia, paralisaram as operações.
Uma das turbinas foi enviada pela Siemens para manutenção no Canadá, mas acabou retida no país por conta das sanções. Com isso, o gasoduto passou a funcionar com 40% de sua capacidade, gerando risco de queda de energia em vários países da Europa.
No sábado (16), a gigante de energia russa Gazprom disse que a expectativa é que a Siemens cumpra com suas obrigações por completo com o restabelecimento da turbina necessária para a operação do Nord Stream e para o fornecimento de gás à Europa.
O presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky, criticou a decisão do Canadá de devolver a turbina. Ele afirmou ter dito ao primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, que os ucranianos "jamais aceitarão" a decisão do governo canadense e que o envio viola as sanções aplicadas à Rússia.
Agricultor trabalha na transformação de lavanda em essência utilizando gás em uma destilaria em Grignan, França, 7 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.07.2022
Panorama internacional
França se vê obrigada a tomar medidas 'drásticas' com energia antes da chegada do inverno europeu
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала