Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Tropas ucranianas disparam 2 mísseis dos EUA em cidade da República Popular de Lugansk

CC BY 2.0 / DVIDSHUB / Sgt. Christopher GaylordSistema Americano de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade (HIMARS)
Sistema Americano de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade (HIMARS) - Sputnik Brasil, 1920, 16.07.2022
Nos siga noTelegram
Tropas ucranianas bombardearam a cidade de Alchevsk, na região de Lugansk, usando o Sistema de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade (HIMARS, na sigla em inglês) fornecido pelos EUA. O ataque ocorreu neste sábado (16).
Trata-se do segundo bombardeio contra a cidade na última uma semana.
As informações foram repassadas pela missão da República Popular de Lugansk (RPL) ao Centro Conjunto de Controle e Coordenação sobre o Regime de Cessar-Fogo (JCCC, na sigla em russo).
"O bombardeio foi registrado do lado das formações armadas da Ucrânia: 21h30 [15h30 de Brasíloa] na direção de Alchevsk, com o uso de HIMARS (2 mísseis)", disse a missão da RPL em um comunicado.
Soldados da RPL na fronteira entre as regiões de Lugansk e Carcóvia - Sputnik Brasil, 1920, 16.07.2022
Panorama internacional
Região da Carcóvia assina Tratado de Amizade com a República Popular de Lugansk
Enquanto isso, a missão da República Popular de Donetsk (RPD) informou que tropas ucranianas bombardearam uma cidade a 25 quilômetros de Donetsk na noite de sábado (16), usando foguetes BM-21 "Grad" e artilharia de 152 mm e 120 mm.
A aldeia de Olenivka também foi bombardeada.
A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse na quinta-feira (14) que os Estados Unidos forneceram inteligência à Ucrânia para bombardear cidades de Donbass usando mísseis HIMARS.
De acordo com Zakharova, com o fornecimento de tais armas pesadas, os ataques de artilharia das Forças Armadas da Ucrânia tornaram-se mais ativos e, ao que tudo indica, as tropas ucranianas receberam uma ordem de Kiev para usar esses sistemas contra civis sem hesitação.
Combatentes da Milícia Popular de Lugansk nos arredores do povoado de Gorskoe - Sputnik Brasil, 1920, 15.07.2022
Panorama internacional
Tropas ucranianas destroem campos de trigo enquanto batem em retirada de Lugansk
No início desta semana, o vice-chanceler russo nas Nações Unidas, Dmitry Polyansky, condenou o ataque mortal na região de Kherson realizado por forças ucranianas usando o HIMARS e o chamou de consequência direta da política de Washington sobre o fornecimento de armas a Kiev.
No início deste mês, o presidente dos EUA, Joe Biden, autorizou um novo saque de US$ 400 milhões (R$ 2,1 bilhões) em assistência militar adicional à Ucrânia.
O Departamento de Defesa disse que o pacote de ajuda inclui quatro HIMARS, 1.000 munições de artilharia de 155 mm com maior capacidade de precisão, sistemas de contra-bateria e outros equipamentos. Até agora, os Estados Unidos entregaram oito dos 12 sistemas HIMARS prometidos para a Ucrânia.
Soldados da Milícia Popular de Lugansk disparam contra posições das Forças Armadas da Ucrânia na República Popular de Lugansk (RPL) - Sputnik Brasil, 1920, 13.07.2022
Panorama internacional
Forças russas repelem ataque com mísseis em Lugansk
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала