Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Pentágono afirma não rastrear armas fornecidas à Ucrânia

© AFP 2022 / Fayez NureldineMilitares dos EUA perto de um lançador múltiplo de foguetes M142 HIMARS (foto de arquivo)
Militares dos EUA perto de um lançador múltiplo de foguetes M142 HIMARS (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 16.07.2022
Nos siga noTelegram
O Departamento de Defesa dos EUA informou que não tem conhecimento de as armas entregues à Ucrânia terem sido desviadas do destino, em meio a relatos de muitas armas acabarem no mercado negro.
O Pentágono sublinhou na sexta-feira (15) que só dispõe de informações sobre o uso pretendido das armas dadas à Ucrânia para combater as forças da Rússia.
"Não estamos rastreando armas [...] E muito francamente, quero dizer, nos sentimos muito bem que os ucranianos estão usando as armas que fornecemos a eles e não vimos nenhuma indicação de que essas armas tenham ido a outro lugar que não seja para lutar contra os russos", explicou um oficial do Departamento de Defesa dos EUA em resposta a uma pergunta do canal Fox News.
O oficial foi posteriormente questionado sobre o mesmo tópico pelo jornal Politico, que perguntou a razão de o Pentágono ter tanta certeza de as armas nunca terem outro destino que não os militares ucranianos e pediu para explicar como sabem isso se não as rastreiam.
Soldados ucranianos usam lançador com mísseis Javelin dos EUA durante exercícios militares na região de Donetsk, Ucrânia, 12 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 05.07.2022
Panorama internacional
Ucrânia detecta casos de venda de equipamento militar e ajuda humanitária ocidental, diz mídia
"Bem, não rastrear e não saber para onde essas armas vão, acho que provavelmente são coisas diferentes, e com isso o que quero dizer é que não estamos rastreando, sabe, o uso que os ucranianos fazem de nossas armas em particular, mas também não estamos vendo qualquer indicação em nenhum outro lugar de que essas armas tenham sido fornecidas a alguém além das Forças Armadas ucranianas", respondeu ele.
Ao longo dos meses têm surgido relatos de que algum armamento ocidental fornecido à Ucrânia tem sido vendido na darkweb.
Na semana passada, o grupo de hackers russo RaHDIt relatou à Sputnik que a inteligência ucraniana está revendendo armas no mercado negro, incluindo obuseiros Caesar da França.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала