Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

'Sem ameaça direta': Moldávia recebe garantias de segurança da Rússia, diz ministro moldavo

© AP Photo / Olivier DoulieryA presidente da Moldávia, Maia Sandu, fala durante coletiva de imprensa ao lado do secretário de Defesa dos EUA, Antony Blinken, em Chisinau, 6 de março de 2022
A presidente da Moldávia, Maia Sandu, fala durante coletiva de imprensa ao lado do secretário de Defesa dos EUA, Antony Blinken, em Chisinau, 6 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 15.07.2022
Nos siga noTelegram
Na quinta-feira (14), o ministro da Defesa da Moldávia, Anatolie Nosatii, afirmou que recebeu garantias de segurança da Rússia por vias diplomáticas apontando que não há ameaça direta ao país decorrente da operação militar na Ucrânia.
Segundo o ministro, não há comunicação direta com Moscou e o contato é mantido por meio de embaixadores e adidos militares. A declaração de Nosatii ocorreu durante entrevista à emissora moldava TV8.

"Nós recebemos mensagens tranquilizadoras de que a operação [na Ucrânia] não diz respeito à Moldávia e de que não há ameaças diretas à Moldávia", disse o chefe da Defesa moldava.

Segundo Nosatii, a situação está sob controle, mas a ameaça à segurança do país não desapareceu completamente.

"Comparado com fevereiro, tudo melhorou — a situação na Ucrânia melhorou significativamente, as hostilidades saíram das fronteiras da Moldávia. Mas acredito que a situação está muito quente, a escalada pode atingir o nível máximo", afirmou.

© AFP 2022 / Miguel MedinaSoldados ucranianos se deslocam por uma estrada usando um veículo de combate blindado, no interior do oblast de Donetsk, em 8 de julho de 2022
Soldados ucranianos se deslocam por estrada usando veículo de combate blindado, no interior da região de Donetsk, em 8 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 15.07.2022
Soldados ucranianos se deslocam por uma estrada usando um veículo de combate blindado, no interior do oblast de Donetsk, em 8 de julho de 2022
Nosatii acrescentou que a Moldávia precisa de equipamentos militares como tanques, veículos blindados, drones, capacetes, proteção corporal e armamento antitanque e de artilharia para que as capacidades de defesa do país possam melhorar.
Apesar das necessidades apontadas por Nosatii, o ministro afirmou que o país não está em tratativas para adquirir equipamentos devido ao investimento necessário e à necessidade de treinamento sofisticado que isso acarretaria aos soldados moldavos.
O ministro mencionou que a Moldávia receberá equipamentos militares sob uma iniciativa da União Europeia estimada em 40 bilhões de euros (cerca de R$ 217 bilhões) para fortalecer os militares do país. O envio será feito por um período entre 15 e 36 meses.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала