Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

MRE chinês mostra 'presente' destruidor norte-americano para Eurásia

© AFP 2022 / GREG BAKERZhao Lijian, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, fala em briefing em Pequim, China, 8 de abril de 2020
Zhao Lijian, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, fala em briefing em Pequim, China, 8 de abril de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 15.07.2022
Nos siga noTelegram
O porta-voz da chancelaria chinesa, Zhao Lijian, relembrou no Twitter sobre as múltiplas vítimas e sofrimentos que os militares americanos ocasionaram durante operações no Vietnã, Kosovo, Afeganistão e Iraque.
A publicação é acompanhada por fotos com número de mortos após ataques americanos. Assim, segundo o post, durante a Guerra do Vietnã foram lançados 270 milhões de bombas, com 80 milhões tendo permanecido não denotadas.
Presente da América para a Eurásia
Durante 78 dias de ataques aéreos na Guerra do Kosovo foram lançadas cerca de 24 mil bombas, e 400 bombas de calibre grande ainda não explodiram, aponta Zhao Lijian.
No Iraque, 25 milhões de explosivos remanescentes devem ser limpos. No Afeganistão, por sua vez, cerca de 150 pessoas morrem ou ficam feridas mensalmente devido às bombas não denotadas durante o conflito.
Recentemente, o porta-voz do MRE da China rotulou os Estados Unidos como o país mais beligerante da história e a maior ameaça à paz e ao desenvolvimento no planeta.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала