Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Novo pacote de sanções do Canadá contra a Rússia mira indústrias metalúrgica e automobilística

© Foto / Domínio público / Bernard Spragg. NZBandeira do Canadá (foto de arquivo)
Bandeira do Canadá (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 14.07.2022
Nos siga noTelegram
No mesmo dia em que os Estados Unidos anunciaram um relaxamento de sanções contra a Rússia para compra e venda de insumos alimentares, o Canadá estendeu as retaliações contra Moscou — desta vez contra as indústrias metalúrgica, de máquinas e de fabricação de veículos motorizados.
As informações foram divulgadas pelo Ministério das Relações Exteriores do país nesta quinta-feira (14).
As novas sanções canadenses vão figurar no Regulamento de Medidas Econômicas Especiais, uma listagem criada somente para elencar as restrições determinadas a produtos e serviços russos.
Agora a lista ampliada inclui as indústrias siderúrgica, de fabricação de computadores, de produtos eletrônicos e ópticos, de veículos automotores, de reboques e semirreboques, de transporte terrestre e de transporte por dutos.
Bandeira nacional do Canadá no carro da embaixada canadense em frente ao prédio do Ministério das Relações Exteriores da Federação da Rússia, para onde foram convocados embaixadores de países que expulsaram diplomatas russos - Sputnik Brasil, 1920, 24.03.2021
Rússia critica sanções do Canadá e alerta: 'Estão fadadas ao fracasso'
O Canadá também proibiu a prestação de serviços industriais aos setores de petróleo, gás, química e construção de máquinas da Rússia.
Mais cedo, o Departamento do Tesouro dos EUA suavizou parte das sanções para o comércio de alimentos e fertilizantes, além de autorizar a subsidiária da estatal russa Gazprom na Alemanha a comercializar insumos de energia.
No dia 28 de junho, Oleg Stepanov, embaixador da Rússia no Canadá, criticou outro pacote de sanções aplicadas por Ottawa, classificando-o de "gesto de simbolismo vazio", e advertiu que os embargos continuam destruindo as relações bilaterais.
Agricultor trabalha na transformação de lavanda em essência utilizando gás em uma destilaria em Grignan, França, 7 de julho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.07.2022
Panorama internacional
França se vê obrigada a tomar medidas 'drásticas' com energia antes da chegada do inverno europeu
Desde o início da operação militar especial da Rússia na Ucrânia, em 24 de fevereiro, os EUA e seus aliados iniciaram a aplicação de uma miríade de sanções contra Moscou. Entre as medidas estão restrições econômicas às reservas internacionais russas e a suas exportações de petróleo, gás, aço e ferro.
A escalada de sanções transformou a Rússia, de forma disparada, na nação mais sancionada do mundo, segundo a plataforma Castellum.ai, serviço de rastreamento de restrições econômicas no mundo.
No total, estão em vigor 11.411 medidas restritivas contra a Rússia, segundo os cálculos do site. A quantidade é mais que o triplo das 3.637 sanções impostas pelo Ocidente ao Irã. Na sequência, aparecem a Síria (2.614), a Coreia do Norte (2.111), Belarus (1.133), a Venezuela (651) e Mianmar (567).
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала